Médicos residentes da Fesp fazem curso de ‘Suporte Básico de Vida’ com o Samu

Fundação Escola de Saúde Pública

Autor: Redação Fesp | Publicado em 20 de outubro de 2022 às 15:16

Formação ensinou técnicas de atendimento às vítimas de paradas cardiorrespiratórias

Os médicos residentes e preceptores do Programa de Residência de Medicina da Família e Comunidade da Fundação Escola de Saúde Pública de Palmas (Fesp) encerraram nesta quinta-feira, 20, o curso de ‘Suporte Básico de Vida’, ofertado em parceria com o Núcleo de Educação em Urgência do Samu.

Ministrado pelo enfermeiro socorrista do Samu, Mauro Maués, que ensinou técnicas de atendimento às vítimas de paradas cardiorrespiratórias como o protocolo de atendimento CABD, onde a letra C refere-se à compressão toráxica, chamar socorro e checar pulso e respiração; A: abertura das vias aéreas com retirada de secreções ou corpos estranhos; B: boa ventilação e, D: desfibrilação.

A médica residente que atua na Unidade de Saúde da Arno 44 (409 Norte), Gabriela Ribeiro, enfatizou a importância do curso. “Já passei pela experiência de reanimação de paciente durante o internato, mas faz muito tempo, então passar pela capacitação hoje foi muito importante para a gente se atualizar, pois caso chegue casos de urgência na unidade, precisamos estar preparados”, destacou.

O curso de Suporte Básico e avançado de Vida faz parte do currículo pedagógico da Residência de Medicina de Família e Comunidade . “A Atenção Primária faz parte da cadeia de urgência e emergência, por isso os nossos residentes precisam estar capacitados,  para lidar com os diversos tipos de ocorrências e consigam atuar com segurança nos diferentes níveis de atenção, seja ele primário, secundário ou terciário , oferecendo o melhor atendimento aos usuários dos serviços de saúde .Enfatizou a médica supervisora da residência, Patrícia Póvoa.

 

Texto: Redação Fesp

Edição: Seocm Palmas