Médicos residentes recebem curso de Suporte Básico de Vida

Fundação Escola de Saúde Pública

Autor: Redação Semus | Publicado em 23 de maio de 2019 às 11:41

Residentes receberam orientações sobre atendimento às vítimas e atendimento pré-hospitalar ao paciente com parada cardiorrespiratória

 

Residentes do Programa de Medicina em Saúde da Família e Comunidade da Fundação Escola de Saúde Pública de Palmas (Fesp) participaram nesta quinta-feira, 23, do curso de suporte básico de vida ministrado por profissionais do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) de Palmas, que atuam no do Núcleo de Educação Permanente (NEU).

 

Durante o curso, os residentes receberam orientações sobre atendimento às vítimas e atendimento pré-hospitalar ao paciente com parada cardiorrespiratória. Na parte prática, os médicos puderam acompanhar e praticar os procedimentos que devem ser feitos durante o atendimento aos pacientes acometidos dos sintomas de infarto.

 

O enfermeiro socorrista do Samu, Mauro Maués, explica que o treinamento foi voltado aos médicos residentes que compõem as equipes Estratégia de Saúde da Família, trabalhando na Atenção Primária, sendo que 36 profissionais receberam as orientações. “A intenção é de prepará-los para o atendimento inicial e o acolhimento em urgências e emergências, para os casos que podem dar entrada nas unidades de saúde da Capital”, observou.

 

A médica residente Adriane Reis, que atende no Centro de Saúde da Comunidade da Arse 82, diz que com as orientações repassadas no curso se sente mais preparada para conduzir melhor o atendimento do usuário que venha a chegar na unidade de saúde com uma possível parada cardiorrespiratória. “Com essa capacitação, nós conseguimos nos manter atualizados com as novas técnicas e assim sempre estaremos prestando um atendimento mais humanizado para os nossos pacientes”, falou acrescentando que vai organizar juntamente com os demais profissionais do Centro de Saúde onde atua uma extensão do curso para os usuários que são acompanhados pela unidade.

 

O curso foi acompanhado pela médica e supervisora da residência, Patrícia Póvoa, que ressaltou a importância das várias capacitações que a Fesp vem promovendo para os profissionais de saúde, inclusive para os residentes que também fazem parte das equipes que prestam atendimentos aos usuários do SUS em Palmas. “Dentro do programa de residência já consta os treinamentos e capacitações dos residentes. As parcerias, como a deste curso oferecido pelo Samu, buscam o aprimoramento dos conhecimentos na busca de um melhor atendimento à população", enfatizou a médica.