Moradores dos Residenciais North I e II são capacitados com cursos profissionalizantes

Secretaria Municipal de Habitação

Autor: Wédila Jácome/ Edição: Lorena Karlla | Publicado em 26 de novembro de 2021 às 18:19

A ação faz parte das atividades desenvolvidas pelo município na pós-ocupação dos empreendimentos entregues

Com o objetivo de ajudar os contemplados com unidades habitacionais a se firmarem em seus novos lares, proporcionando melhor renda, a Prefeitura de Palmas iniciou mais dois cursos de qualificação profissional. Desta vez os contemplados são os moradores dos Residenciais North I e North II, com curso de confecção de peças íntimas e salgadeiro profissional. A capacitação acontece em um salão alugado na mesma quadra do empreendimento e na carretinha do Senac, empresa ganhadora da licitação para ministrar os cursos.

Durante 15 dias, as participantes do curso de peças íntimas aprenderão a fazer calcinha, sutiã, babydoll, cueca, tanto modelo infantil quanto adulto, e ao final do curso receberão um kit de costura para começar a praticar. Para a cabeleireira Noabia Vitória Sousa, que já faz pequenos reparos na máquina de costura, o curso chegou como uma possibilidade de aumentar a renda. “Eu gosto muito de aprender e, essa capacitação pode me ajudar a ter uma renda extra”.

No curso de salgadeiro, os participantes aprendem a fazer vários tipos de salgados, pães e tortas, como uma variedade de recheios. Rayssa Maria da Silva, de 26 anos, que já trabalha como ajudante em uma panificadora, quer com o curso ‘crescer’ dentro da empresa e um dia ter seu próprio negócio. “Entro no trabalho às 5h da manhã e saio às 13h, e estou aproveitando cada ensinamento para que um dia eu consiga ter meu próprio negócio”.

Flaviane Souza, de 28 anos, se inscreveu no curso de salgadeira para melhorar os preparos da alimentação em sua casa e poder gerar uma renda extra familiar. “Cada dia aprendemos quatro receitas diferentes, é muito bom”. A técnica social, Gisele Maia, da Secretaria Municipal de Habitação, conta que os cursos foram escolhidos pelos próprios contemplados com unidade habitacional durante o diagnóstico socioeconômico realizado com todos os moradores do empreendimento.

Entenda

A ação faz parte das atividades desenvolvidas pelo município na pós-ocupação dos empreendimentos entregues. Ao todo, o projeto de trabalho social desenvolverá 180 ações em 17 empreendimentos, com previsão de atender 21.709 pessoas. Os cursos são gratuitos, incluindo material didático, lanche e transporte, para o caso de curso longe do empreendimento.