No Carnaval, Centros de Saúde da Comunidade falam como prevenir infecções sexualmente transmissíveis

Secretaria da Saúde

Autor: Redação Semus | Publicado em 01 de março de 2019 às 10:35

Ações ocorrerão até mesmo após o feriado para reforçar o quão importante é a prevenção

Em ritmo de Carnaval, os Centros de Saúde da Comunidade da Capital estão mobilizados desde o início da semana para realizar o trabalho de prevenção e conscientização quanto ao sexo seguro. Palestras, rodas de conversas e realização de testes rápidos fazem parte das ações que se estenderão até mesmo após o Carnaval.

 

Nesta sexta-feira, 01, tem programação nos CSCs José Lúcio (Lago Sul) e Eugênio Pinheiro (Jardim Aureny I) com rodas de conversas sobre as Infecções Sexualmente Transmissíveis e testes rápidos para detecção de Sífilis, HIV e Hepatites B e C.

 

Essa ação também será realizada no CSC da 806 Sul nesta sexta, 01, e nos próximos dias 07, 08, 11, 12, 13 e 14 junto aos usuários da unidade, e no dia 14, a equipe irá até o Colégio Estadual Tiradentes realizar palestras sobre gravidez na adolescência e infecções sexualmente transmissíveis.

 

Já a equipe de saúde da família do CSC Liberdade (Jardim Aureny III) fará nos dias 05, 06, 07 e 08 testes rápidos em homens e mulheres em pontos de ônibus e na Estação Xerente.

 

No dia 08, os usuários que estiverem na sala de espera do CSC Novo Horizonte (Jardim Aureny IV) assistirão a palestras educativas, poderão fazer testes rápidos e receber preservativos grátis.

 

 

E os CSCs Buritirana, da Arso 111 e Morada do Sol realizam ações junto aos usuários aconselhamentos, testes rápidos, distribuição de preservativos e palestras.

 

A coordenadora do Grupo Condutor de Infectocontagiosa, Luciana Noleto, alerta que as pessoas de um modo geral estão se prevenindo menos, e por isso, se faz necessário cada vez mais falar sobre as infecções sexualmente transmissíveis e incentivar o uso de preservativo. “Na última década houve um relaxamento da prevenção o que levou a um aumento de casos de HIV, sífilis e hepatites B e C e outras infecções sexualmente transmissíveis.  Contrair uma DST não afeta apenas a saúde dos jovens e adultos, pode impossibilitar a geração de filhos. Algumas destas infecções causam um sério comprometimento nas áreas reprodutivas de homens e mulheres”, alerta.

 

Nesse contexto, o uso do preservativo é fundamental. “O carnaval é uma época de alegria e diversão, mas também precisa de prevenção. Para um carnaval seguro não se esqueça da camisinha, único método contraceptivo que previne contra as doenças sexualmente transmissíveis e gravidez indesejada”, complementa.

 

Confira cinco medidas de segurança no Carnaval

 

1 - Use camisinha - Além de evitar a gravidez indesejada, o uso da camisinha durante as relações sexuais está indicado inclusive durante o sexo oral, prevenindo a contaminação não só pelo vírus da AIDS, como também da hepatite B e C, gonorreia, herpes, sífilis, tricomoníase, candidíase, cancro mole, entre outros.

 

2 - Evite contato com vasos sanitários - No carnaval, os banheiros públicos costumam receber um número muito grande de foliões. Evite contato com os assentos dos sanitários e lave as mãos corretamente antes e depois do uso. Esses cuidados previnem o contágio de várias doenças infecciosas.

 

3 - Não compartilhe objetos pessoais e roupas íntimas - Nesta época, nas viagens com família e amigos, é comum compartilhar copos, talheres, toalhas, roupas de banho, banheiras, bidês entre outros. Esta prática também pode causar contaminação de diversas doenças transmissíveis, inclusive através da saliva.

 

4 - Não fique com trajes de banho úmidos por tempo muito longo - Doenças fúngicas (micoses), como a candidíase, se proliferam em ambientes úmidos e quentes. O ideal é tomar banho logo depois de ir à praia ou à piscina e vestir roupas secas.

 

5 ─ Evite beijar na boca de pessoas desconhecidas - O beijo transmite doenças como herpes labial, gengivite, candidíase, HPV, mononucleose, entre outros. Se a boca estiver ferida, ainda há risco da transmissão do HIV.




Revisão e postagem: Iara Cruz