Obra de ampliação e reforma do Centro de Saúde de Taquaruçu deve ser entregue até maio de 2020

Secretaria da Saúde

Autor: Redação Semus | Publicado em 20 de dezembro de 2019 às 15:57

Mais de R$ 1,1 milhão estão sendo investidos na execução da obra

O sonho dos moradores do distrito de Taquaruçu de ter um Centro de Saúde maior e melhor estruturado está mais próximo de se realizar. A obra de ampliação e reforma da unidade está bem adiantada e dentro do cronograma estipulado pela empresa contratada para a sua execução.

 

Um dos engenheiros responsáveis pela ampliação do CSC, Hiromu Bringel Kawamura, informou que o novo bloco em construção está em fase de conclusão da estrutura de concreto pré-moldado. Ao mesmo tempo, estão sendo executados o aterro do terreno e o levante das paredes de alvenaria.

 

Finalizada essa parte, os trabalhadores farão a montagem do brise metálico (fechamento lateral), a instalação das janelas de vidro e o acabamento. A previsão para concluir o novo prédio é até o final do mês de março de 2020. O engenheiro acrescentou ainda que após o término dessa fase, será iniciada a reforma do prédio antigo da unidade de saúde, com previsão de entrega final no dia 30 de maio do próximo ano.

 

Maria das Graças, 71 anos, moradora de Taquaruçu desde 1964, viu o distrito se desenvolver e utiliza os serviços do Centro de Saúde da Comunidade Warter Pereira Morato desde quando foi inaugurado, no início dos anos 90. A aposentada relata que a expectativa dela e de muitos moradores é grande quanto à ampliação do novo CSC. “Acredito que vai melhorar bastante porque terá mais espaço, conforto e queremos que venham mais médicos e outros profissionais para Taquaruçu”.

 

Investimento e estrutura

 

Estão sendo investidos mais de R$ 1,1 milhão na obra de ampliação e reforma do CSC Walter Pereira Morato. Parte dos recursos são oriundos de emendas parlamentares, sendo R$ 512 mil do deputado federal Carlos Gaguim e R$ 600 mil do vereador Major Negreiros. O vereador Marilon Barbosa destinou R$ 400 mil para aquisição de equipamentos para unidade. A Prefeitura de Palmas está investindo cerca de R$ 57 mil em contrapartida.

 

Serão 389 m² de área construída (utilizando o sistema em concreto pré-moldado) e 479 m² de área reformada contabilizando um total de 868 m². O novo bloco de atendimento aos usuários contará com consultório odontológico, consultório ginecológico, dois consultórios diferenciados, sala de observação e sala de pequenos procedimentos, sala de vacinas, acolhimento e recepção.

 

Já a reforma do prédio atual, que atenderá toda a parte técnica e logística da unidade, contará com sala para farmácia, espaço para ambulância, quarto para repouso, sala de agentes de saúde, administração, sala de esterilização, almoxarifado e um espaço multiuso amplo que permitirá a realização de eventos de promoção e educação em saúde.