Ofícios e memorandos da gestão municipal tramitarão somente em meio digital

Secretaria de Finanças

Autor: Juliana Matos | Publicado em 01 de dezembro de 2017 às 11:11

Prefeitura de Palmas investe na digitalização de documentos e processos para reduzir custos com arquivos de papel

A Prefeitura de Palmas está investindo na digitalização de todos os seus processos e documentos da administração. A intenção é no menor período de tempo garantir a informatização de todos os órgãos públicos municipais e a tramitação segura e rápida de expedientes sem requerer espaço físico e emprego do papel.

 

A capacitação de servidores e implantação do Sistema de Gerenciamento Eletrônico de Documentos (GED) já está ocorrendo e com a publicação do Decreto nº 1.500/2017, no Diário Oficial do Município (DOM) desta quarta-feira, 29, se formaliza agora a instrução para que todas as secretarias, fundações e autarquias do município procedam à informatização, a partir desta data, de todos seus ofícios e memorandos. O intuito do decreto é formalizar o processo de informatização já iniciado e garantir celeridade no processo de redução de custos com meios físicos (arquivos de papel).

 

Somente no Resolve Palmas da Região Central e Norte, a média de páginas geradas por dia com atendimentos é de 4.276 unidades. Por isso, esses serão os primeiros serviços a implantar o GED. A previsão é de completa informatização dos atendimentos a partir de janeiro de 2018, isto é, todos os processos e atendimentos nos dois pontos de atendimento do Resolve Palmas serão feitos somente de forma digitalizada. “O cidadão lá atendido pode até levar o documento impresso, mas ele será digitalizado e tramitará somente de forma eletrônica”, adiantou o secretário municipal de Finanças, Christian Zini.

 

Assim como os serviços de atendimento do Resolve Palmas, duas secretarias que já estão em processo de implantação do GED.  São elas: a Secretaria de Desenvolvimento Urbano, Regularização Fundiária e Serviços Regionais e a Secretaria Municipal de Planejamento e Desenvolvimento Humano. No entanto, todos os demais órgãos municipais passarão, ao longo de 2018, a gerir seus processos e expedientes por eletronicamente.

 

Para isso, estão sendo investidos R$ 7.855.000,00, para compra do sistema, digitalização de documentos e processos, implantação, mapeamento, armazenamento, suporte para captura e demais etapas inerentes à operação e implantação do GED.