Palmas busca ampliar mercado consumidor para pequenas agroindústrias e adere ao Susaf-TO

Secretaria Municipal de Desenvolvimento Rural

Autor: Wédila Jácome/ Edição: Lorena Karlla | Publicado em 05 de maio de 2022 às 12:39

A iniciativa vai fomentar ainda mais o agricultor e pecuarista familiar que, após a assinatura do termo de adesão, poderão comercializar seus produtos nos 139 municípios tocantinenses

A Secretaria Municipal de Desenvolvimento Rural (Seder) recebeu nesta quinta-feira, 05, a visita de uma comissão de técnicos da Secretaria de Estado da Agricultura, Pecuária e Aquicultura (Seagro) para auditoria, etapa que antecede a assinatura do termo de adesão do Serviço de Inspeção Municipal (SIM) ao Sistema Unificado Estadual de Sanidade Agroindustrial Familiar, Artesanal e de Pequeno Porte (Susaf-TO). Com essa adesão, as pequenas agroindústrias de Palmas, que até então só podem comercializar seus produtos dentro do próprio município, poderão realizar a comercialização intermunicipal.

Palmas é a primeira cidade a solicitar a adesão ao Susaf, que foi feita na última quarta-feira, 04, pelo secretário da Seder, Thiago Dourado, quando esteve reunido com o secretário da Seagro, Jaime Café. Para Dourado, essa adesão é a possibilidade de que empresas locais inspecionadas pelo SIM se adaptem às exigências do SUSAF-TO e “possam ampliar seu mercado consumidor, expandindo a comercialização de seus produtos para outras cidades do estado, sendo que Palmas será o primeiro município a aderir ao sistema”.

Após a auditoria, a previsão é que a assinatura do termo de adesão ao Susaf-TO seja no próximo dia 11 de maio, durante a participação da Prefeitura de Palmas na Agrotins 2022. O secretário municipal exemplificou que com a adesão o produtor do município que hoje fornece iogurte e queijo para a merenda escolar em Palmas, poderá comercializar seus produtos para merenda escolar no Estado inteiro. "Fomentando ainda mais a agricultura e pecuária familiar", completou.

Susaf
O Susaf é destinado à agroindústria familiar, artesanal e de pequeno porte. Como por exemplo, fábricas que processem até 3000 litros de leite por dia, 1000 ovos/dia, 1000 kg de carne/dia, dentre outros produtos. O programa opera na esfera estadual, ou seja, somente pode ser realizada a comercialização entre os 139 municípios do Estado do Tocantins.

Serviço de Inspeção Municipal

Atualmente o SIM é responsável pela inspeção e fiscalização de estabelecimentos que manuseiam e industrializam produtos e derivados de origem animal e vegetal, como por exemplo: indústria de embutidos, laticínios, defumados, carne maturada, carne de sol, espetinhos, leite e seus derivados, embalagem de ovos, extração de mel e embalagem de mandioca. Atua nos estabelecimentos que possuam registro na inspeção municipal e também promove ações de fiscalização nas vias públicas - quanto ao correto transporte e origem dos produtos. (Com informações da Seagro)