Palmas é representada em evento internacional sobre o clima

Fundação Municipal de Meio Ambiente

Autor: Georgethe Pinheiro/ Edição: Redação Secom Palmas | Publicado em 04 de agosto de 2022 às 13:07

Agenda discutiu temas ligados à proteção ambiental e resiliência

O presidente da Fundação Municipal de Meio Ambiente (FMA), Carlos Braga, e o secretário municipal de Assuntos Fundiários, Fábio Chaves, representaram o município de Palmas no 'I Encontro Regional ICLEI Amazônia: governos locais e desenvolvimento urbano sustentável', realizado entre os dias 1º e 3, no município paraense de Barcarena (PA).

Na agenda do encontro, realizado de forma híbrida foram discutidos temas como 'Bioeconomia, Empreendedorismo e Inovação: caminhos para o desenvolvimento sustentável na Amazônia', 'Adaptação e Resiliência nas Cidades Amazônicas', 'Fórum de Cidades Pan-Amazônicas (FCPA) – Governos Locais do Brasil como Agentes de Mudança e Líderes na Ação Climática da Região Amazônica', 'Sistemas Alimentares Circulares, Sustentáveis e Saudáveis: desenvolvimento sem desmatamento', o 'Lançamento do Grupo de Apoio Técnico de Mentoria (GATM) do Projeto Amazônia pelo Clima (ApC)', entre outros.

Palmas
Durante o encontro o presidente Carlos Braga apresentou o Renova, projeto de Coleta Seletiva de Palmas, que se propõe a facilitar uma transição do modelo atual de gestão dos resíduos no Município para um modelo circular, inclusivo e de baixas emissões de poluentes. 

O ponto alto do encontro foi a participação do climatologista Carlos Nobre, eleito, recentemente, como membro da Royal Society, de Londres. Anterior a ele o único brasileiro admitido no mesmo cargo havia sido o imperador Dom Pedro II, em 1871. 

Nobre é conhecido mundialmente por seus trabalho e pesquisas sobre o aquecimento global, e especialmente por sua dedicação à Amazônia. O climatologista é ainda membro estrangeiro da Academia Nacional de Ciências dos Estados Unidos e membro da Academia Brasileira de Ciências e da Academia Mundial de Ciências. No evento, ele ministrou a palestra magna intitulada 'A Amazônia próxima de um ponto de não-retorno: a urgente necessidade de soluções sustentáveis'.