Palmas realiza I Fórum de Saúde do Trabalhador e da Trabalhadora

Secretaria da Saúde

Autor: Redação Semus | Publicado em 25 de outubro de 2019 às 10:01

O Fórum tem como objetivo expandir o conhecimento científico sobre as questões que fragilizam as relações de trabalho 

 

No próximo dia 30 acontece na Capital o ‘Fórum de Saúde do Trabalhador e da Trabalhadora: o SUS de Palmas em defesa do trabalhador’. O evento é uma realização da Secretaria Municipal de Saúde (Semus), por meio do Núcleo de Saúde do Trabalhador, em parceria com a Fundação Escola de Saúde Pública de Palmas (Fesp) e apoio da Escola Superior da Defensoria Pública.

 

O evento será realizado na sede da Defensoria Pública do Estado do Tocantins (DPE-TO), a partir das 8 horas, onde um espaço será aberto para discussão sobre condições de trabalho atreladas ao quesito social de saúde e aos impactos no atual contexto trabalhista.   

 

O Fórum tem como objetivo expandir o conhecimento científico sobre questões que fragilizam as relações de trabalho e tornam mais vulnerável a saúde dos trabalhadores. A ocasião contará com a participação de gestores, pesquisadores da área de longa trajetória no estudo da relação saúde-trabalho-doença, parceiros intra e intersetoriais, profissionais de saúde, trabalhadores de diversas categorias e representantes sindicais.

 

O encontro também apresentará propostas de ações voltadas à melhoria da Saúde dos Trabalhadores no município, que servirão como base para o planejamento e implementação de ações futuras.


A coordenadora do Fórum Sindical e Popular de Saúde e Segurança do Trabalhador e da Trabalhadora de Minas Gerais (FSPSST/MG), Marta de Freitas, é uma das convidadas do evento.

 

Confira a programação

 

8 horas - Credenciamento

8h30 - Coffee Break

8h50 - Mesa de autoridades

9 horas - Palestra: ‘Saúde do Trabalhador no contexto atual: quais os caminhos possíveis?’

10 horas - Mesa-redonda: Precarização das relações de trabalho

11 horas - Panorama da Saúde do Trabalhador em Palmas - TO

12 horas - Intervalo para o almoço

 

Tarde

 

14 horas - Elaboração de propostas para a implementação da Política de Saúde do Trabalhador e da Trabalhadora por meio dos Grupos de Trabalho (GT)

GT1 - Política de Saúde do Trabalhador Municipal: qual saúde queremos?

GT2 - Estratégias de mobilização em defesa do emprego digno – Potências das articulações intersetoriais

GT3 - Saúde do Trabalhador na Atenção Primária: Interfaces entre as vigilâncias

16 horas - Aprovação das propostas para nortear o planejamento das ações relacionadas à saúde do trabalhador

18 horas - Encerramento

 

 

Edição: Iara Cruz