Palmas tem redução de acidentes mas busca estratégias de educação para zerar acidentes fatais

Secretaria Municipal de Segurança e Mobilidade Urbana

Autor: Marcio Greick/ Edição: Juliana Matos | Publicado em 17 de maio de 2024 às 05:21

Campanhas educativas, concurso, peça teatral e ações de fiscalização são estratégias para prevenir mortes nas ruas da Capital

Palmas, a capital mais jovem do País, completa 35 anos no próximo dia 20 de maio. A cidade cresce vertiginosamente e, conseqüentemente, sua população e a frota de veículos.  Com uma população de 302.692 pessoas, a frota em Palmas saltou de  214.454 veículos em 2021 para 235.901, em 2023. 

Usando o trinômio, educação, engenharia e esforço legal, a Secretaria Municipal de Segurança e Mobilidade Urbana (Sesmu), juntamente com o Programa  Vida no  Trânsito (PVT) e parceiros, tem alcançados resultados satisfatórios na redução de sinistros com vitimas fatais, nos últimos três anos.  De acordo com Comissão de Gestão de Dados e Informações do PVT, no ano de 2021, foram registrados 68 vitimas fatais no trânsito da Capital. No ano seguinte,  2022, 60 óbitos. Já em 2023, ocorreram 54 mortes, representando uma queda de 20% no número de mortes no trânsito em Palmas. 

Para a superintendente de Trânsito, Valeria Oliveira, a redução no número de vitimas fatais no trânsito se deve a fatores como a modernização e ampliação do parque semafórico com a instalação de 14 semáforos,  instalação de 38 faixas de radar fixo, 38 faixas de barreiras eletrônicas, 112 faixas de radar misto, 16 faixas de  cercamento eletrônico, 34 câmeras de monitoramento PTZ e ampliação do Centro de Controle Operacional (CCO). Na sinalização viária foram instaladas aproximadamente 100 faixas de pedestres.  Está prevista também para breve a instalação até o mês de julho, de 37 faixas elevadas com prioridades para locais próximos a equipamentos públicos. 

Na área administrativa foram realizados julgamento de  uma média de 12 mil processos de recursos administrativos e aplicadas 178.382 infrações de trânsito, somente em 2023. Em 2021, foram 183.423. De acordo com o órgão, entre os anos de 2021 e 2023, foram realizados 15 mil atendimentos pelo Sistema Integrado de Operação (Siop) e 436 testes de etilômetro. Na parte operacional foram ministrados cursos de atualização e capacitação, aquisição de colete balísticos  e novos etilômetros. 

Também foram adquiridos rádios comunicadores HTS, aquisição de material para sinalização e canalização, bem como a intensificação da  fiscalização por vídeomonitoramento e por radar móvel. Mas as novidades não param por aí, de acordo com estudos e projeções realizados pela Superintendência de Trânsito da Capital, com mais investimentos e ações prioritárias em políticas públicas voltadas à redução de sinistros com vitimas fatais na Capital, a projeção é que, em 2030, a taxa de mortalidade no trânsito seja reduzida para apenas sete vitimas fatais.  “A nossa meta é que esse número chegue a zero, pois, no trânsito, a prioridade é a vida”, reforça o secretário Municipal de Segurança e Mobilidade Urbana de Palmas, Agostinho Júnior.

Educação

A Sesmu também investiu em Educação para o Trânsito, com a realização, entre  2021 a 2023, de 191 ações  educativas, 96 palestras educativas nas escolas e iniciativa privada, dez campanhas, 52 projetos da minicidade com as mascotes Amarelinho e Vidinha.  A peça teatral O Auto da vida no Trânsito é outra estratégia de sucesso. A peça teatral é uma vibrante e educativa comédia teatral de rua inspirada no clássico "Auto da Compadecida", de Ariano Suassuna. A adaptação traz à tona questões importantes sobre segurança, cidadania e respeito no tráfego de uma maneira acessível e divertida para crianças e adolescentes. Em 2023,  15 mil pessoas assistiriam a nova versão do Auto da Vida no Trânsito, grande parte das apresentações aconteceu em escolas.

“Uma apresentação magnífica com uma linguagem clara, objetiva e com exemplos de ações para que nossos alunos aprendam e também ensinem os pais e a comunidade sobre o respeito às leis de trânsito e, principalmente, o respeito à vida”, avaliou o diretor da Escola Municipal Beatriz Rodrigues, Francisco da Silva de Oliveira Filho. Sentimento compartilhado pela aluna Milena Bispo Rodrigues da Escola de Tempo Integral (ETI) Caroline Campelo. “A peça foi uma lição de vida para todos que estavam assistindo. Eu, por exemplo, não sabia que a gente tem que fazer o sinal de vida antes de atravessar a faixa de pedestre”, disse. 

Concurso 

O investimento em Educação para o Trânsito transpôs barreiras e chegou até a comunidade escolar  e a sociedade como um todo com o Concurso Eldon Correa de Educação para o Trânsito.   O concurso tem como principal objetivo incentivar a produção de trabalhos técnicos e artísticos voltados ao tema “No trânsito, escolha a vida!", mensagem das campanhas educativas de 2023. 
Sua quinta edição contou uma participação significativa, principalmente de escolas públicas da rede municipal de ensino. Foram, aproximadamente, 180 trabalhos apresentados nas oito categorias.

Maio Amarelo

Com o tema ‘Paz no Trânsito começa por você', a Prefeitura de Palmas fez o lançamento da Campanha Maio Amarelo divulgando balanço de acidentes e investimentos já citados e análises que indicaram que as principais vitimas fatais de acidentes de trânsito na Capital continuam sendo motociclistas, em maioria jovens com idade entre 18 e 25 anos, tendo como fator principal o uso de bebida alcoólica. A Avenida Teotônio Segurado é considerada a via com maior concentração de acidentes com vitimas fatais. A campanha fará, ao longo de todo o mês de maio, ações com o propósito de orientar os motoristas, ciclistas, pedestres e passageiros sobre a importância de respeitar as leis de trânsito e adotar medidas que possam contribuir para a redução de sinistros e mortes.

A grande novidade, a campanha trouxe o Projeto “Me leva táxi”, com bares e restaurantes locais como parceiros, para concessão 20% de desconto no valor final da corrida de táxi para os clientes de bares e restaurantes cadastrados no projeto. Para a presidente do Sindicato dos taxistas do Estado do Tocantins, Eunice Rodrigues da Silva, o projeto fomentará o comércio e, conseqüentemente, trará um aumento na renda aos taxistas de Palmas.  O secretário Agostinho Júnior comemora a redução no número de vitimas fatais entre 2021 e 2023 mas lembra que o trânsito é responsabilidade de todos. “Mesmo com todos os investimentos que estamos fazendo em Educação para o Trânsito, Engenharia e Fiscalização, a responsabilidade é de todos para que tenhamos um transito mais seguro e harmônico”.