Parque Cesamar será fechado para serviço de desinfecção

Fundação Municipal de Meio Ambiente

Autor: Georgethe Pinheiro | Publicado em 16 de agosto de 2022 às 14:38

Espaço será fechado ao público na quinta-feira, 18, só retornando às atividades normais na sexta, 19,

Nesta quinta-feira, 18, a Fundação Municipal de Meio Ambiente (FMA), em conjunto com a Secretaria Municipal de Infraestrutura e Serviços Públicos (Seisp), realizam um serviço de desinfecção dos carrapatos na área do Parque Cesamar, especialmente nas bordas da pista de caminhada e gramado. Apesar do produto não ser tóxico, o espaço será fechado ao público durante todo dia, só retornando às atividades normais na sexta-feira, 19, a fim de evitar incidentes e outros transtornos.

Já o expediente nos órgãos municipais que funcionam dentro do parque será normal, uma vez que o produto será aplicado apenas na pista de caminhada e faixas de grama ocupadas pelos animais.

A ação, de caráter preventivo, visa oferecer mais segurança aos frequentadores do espaço, uma vez que o local recebe frequentadores para práticas esportivas e de lazer, que eventualmente podem ter contato direto com a grama.

O local também é o habitat natural de um grupo de capivaras (Hydrochaeris hydrochaeris) que circulam livremente e chamam a atenção dos frequentadores. Por serem hospedeiras do carrapato-estrela, transmissor da febre maculosa, as pessoas sempre questionam sobre uma possível infestação. No entanto, em recente diagnóstico da população realizado pelo município não foi detectada a presença de carrapatos contaminados infectando os animais e não há histórico conhecido da doença em Palmas.

Vale destacar que desde a conclusão do diagnóstico populacional da espécie, a FMA definiu parâmetros sobre as responsabilidade dos frequentadores do parque, para evitar incidentes envolvendo as capivaras. Entre as orientações o cidadão deve respeitar o espaço do animal, que convive pacificamente com o homem, mas na eventualidade de sentir-se ameaçado pode ‘atacar’ para se defender. Para a orientação da população e do próprio animal o correto é evitar aproximar-se, não alimentá-lo e não interferir em sua rotina.

Vale destacar ainda que as capivaras são animais herbívoros, se alimentam de capim, grama, ervas e vegetação aquática, o que existe em disponibilidade no Parque. Qualquer outro alimento pode comprometer a saúde da espécie e causar a morte. Outra recomendação é que as pessoas evitem levar animais domésticos ao Parque Cesamar, uma vez que o espaço pode ter carrapatos e outras pragas que podem afetar a saúde dos pets.