Parque da Pessoa Idosa fecha ano com quase 19 mil atendimentos

Secretaria do Desenvolvimento Social

Autor: Márcio Greick | Publicado em 14 de dezembro de 2018 às 12:41

Festa de confraternização foi realizada na noite dessa quinta-feira, 13, reuniu mais de 400 idosos

Aproximadamente 400 idosos do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos dos sete Centros de Referência e Assistência Social (Cras) da Capital, além dos  idosos atendidos no Parque da Pessoa Idosa, participaram na noite desta quinta-feira, 13, da festa de confraternização de final de ano promovida pela Secretaria Municipal  de Desenvolvimento Social (Sedes), no Parque da Pessoa Idosa Francisco Xavier de Oliveira.

 

Com a presença da prefeita de Palmas, Cinthia Ribeiro, da secretária municipal de Desenvolvimento Social, Valquíria Rezende, da secretária executiva, Simone Sandri, do Presidente da Fundação de Esportes e Lazer de Palmas (Fundesportes), Giovanni Assis, da gerente do Parque da Pessoa Idosa, Silvanete Mota, a festa foi abrilhantada pela banda Impacto Latino que fez os idosos dançarem ao som de muito forró, frevo, zumba e músicas dos anos 60, 70, 80 e 90.  Os presentes ainda assistiram à apresentação da dança cigana com a dançarina Marcela.

  

Perto de comemorar 82 anos no dia 05 de janeiro de 2019, a aposentada Maria da Paz aproveitou a noite de confraternização ao lado do seu companheiro, onde dançou muita zumba e forró.  “Ele é uma pessoa muito independente e atenciosa”, disse, acrescentando que a gestão está de parabéns pela atenção dispensada aos idosos durante o ano que se encerra.

  

A idosa Danuzia Martins, 68 anos, frequenta o Parque da Pessoa Idosa há um ano. Ela aproveitou cada minuto da festa para se divertir ao lado dos amigos. “Aqui é o passaporte para felicidade da pessoa da terceira idade porque aqui a gente envelhece com qualidade de vida”, destacou, acrescentando que as atividades desenvolvidas no Parque previnem várias doenças do envelhecimento.

 

A gerente do Parque da Pessoa Idosa, Silvanete Mota, destacou que em 2018 foram realizados aproximadamente 19 mil atendimentos no Parque, consolidando-se como espaço de política da área do envelhecimento e sendo referência para todo o Estado.

 

“Encerramos o ano com quase 19 mi atendimentos através de grupo de convivência, atividades físicas, zumba, fisioterapia, capoterapia, acupuntura, massagem, e várias atividades voltadas ao atendimento do idoso”, avaliou, destacando que em 2019 as políticas públicas para a pessoa idosa já estão contempladas no orçamento municipal.

 

 


Edição e postagem: Iara Cruz