Policiais da Rotam levam cerca de 300 presentes a crianças carentes de Taquaruçu e recebem carinho em troca

Secretaria do Desenvolvimento Social

Autor: Eliene Campelo | Publicado em 09 de janeiro de 2019 às 18:47

A ação faz parte das comemorações dos 10 anos da Rotam


Policiais militares da Divisão Rondas Ostensivas Táticas Metropolitanas (Rotam) da Polícia Militar do Tocantins entregaram cerca de 300 brinquedos para crianças do distrito de Taquaruçu na tarde desta quarta-feira, 09. A ação faz parte das comemorações dos 10 anos da Rotam e contou com o apoio da equipe do Centro de Referência de Assistência Social (Cras) de Taquaruçu.

 

As crianças lotaram o galpão externo do Cras à espera de seus presentes. “Eu trouxe minhas três filhas e elas adoraram os presentes e também, conhecer os policiais, poder ver eles de perto. Tem até uma delas que já falou que será policial”, contou a mãe Géssica Galdino, que acompanhava as sorridentes Sabrina, Maria Clara e Jaemilly.

 

O tenente Rodrigues, da Rotam, é um dos organizadores da ação e ressaltou que o objetivo é aproximar a comunidade do grupo. “A comunidade pode contar com a Rotam, nosso grupo desenvolve suas ações diariamente no propósito de defender a população e cumprimos também nosso papel social, sempre presentes, próximos das crianças, dando bons exemplos, para que elas busquem um futuro melhor”, disse Rodrigues.

 

O diretor de Proteção Social Básica, Felipe Barbosa, destacou a importância das parcerias entre as entidades para mudar a realidade das pessoas. “O grupo da Rotam fez hoje uma demonstração de solidariedade e de amor pela comunidade. Eles vieram até aqui para doar brinquedos e em troca recebem o sorriso destas crianças, estão com elas por um período e com isso eles demonstram a importância de sua atuação e inspiram estas crianças”, ressaltou Felipe.

 

Todos os brinquedos foram adquiridos graças as contribuições feitas pelos próprios militares do grupamento.

 

 

A Rotam é um grupo tático especial ligado à Polícia Militar e que atende crises e ocorrências de maior gravidade.

 

 

 

Edição e postagem: Lorena Karlla