Prefeitura da Capital institui programa para inclusão de jovens no mercado de trabalho

Casa Civil

Autor: Wédila Jácome | Publicado em 20 de agosto de 2021 às 09:05

O ‘Palmas para o Futuro' visa fortalecer o poder de decisão, melhorar a autoestima e aumentar a renda familiar dos beneficiários

A Prefeitura da Capital instituiu, em medida provisória publicada no Diário Oficial de quinta, 19, o Programa 'Palmas para o Futuro'. A iniciativa é destinada à contratação de jovens aprendizes para exercerem funções que demandem formação profissional, por meio de instituição qualificada em formação técnico-profissional.

Além de promover a profissionalização e inclusão de adolescentes e jovens, de 16 a 21 anos, no mercado de trabalho, o programa visa fortalecer o poder de decisão dos beneficiários, melhorar sua autoestima, aumentar a renda familiar, aprimorar as relações sociais, bem como garantir a permanência deles na escola.

Para participar do programa o jovem aprendiz deverá estar matriculado e frequentando a escola ou ter concluído o ensino básico. O jovem deverá ainda passar por um processo simplificado de seleção que será realizado por uma instituição a ser contratada pelo município especializada em formação técnico-profissional.

 A jornada de trabalho será de quatro horas, podendo ser ampliada para seis horas, caso haja compatibilidade entre a escola e o local de trabalho. O contrato de trabalho será de até dois anos, e o aprendiz receberá vale-transporte para o seu deslocamento para as atividades laborais, e a remuneração será equivalente ao salário mínimo hora. Em contrapartida, o aprendiz deverá frequentar regularmente o curso técnico-profissionalizante ofertado pela instituição.

O programa faz parte das ações da Prefeitura de Palmas para minimizar os impactos sociais e econômicos provocados pela pandemia, que têm afetado mais diretamente as pessoas em situação de vulnerabilidade.