Prefeitura e Sesi discutem retomada de projetos sociais nos empreendimentos habitacionais

Secretaria de Habitação

Autor: Wédila Jácome/ Edição: Lorena Karlla | Publicado em 15 de julho de 2021 às 20:01

Reunião desta quinta, 15, aconteceu após parecer favorável do COE para as ações sociais nos empreendimentos Recanto das Araras I e II e Jardim Vitória I


A Secretaria de Habitação da Prefeitura de Palmas e o Serviço Social da Indústria (Sesi) se reuniram na tarde desta quinta-feira, 15, para decidir estratégias para a retomada das ações sociais junto aos empreendimentos Recanto das Araras I e II e Jardim Vitória I. O encontro acontece após parecer favorável expedido pelo Centro de Operações de Emergência em Saúde (COE) para continuidade das atividades desenvolvidas pela Diretoria de Projetos Sociais no Pós-Ocupação.

As ações sociais nestes empreendimentos haviam sido suspensas devido ao quadro da pandemia, mas com a redução da taxa de contágio e desaceleração dos números de casos, o município irá retomar as atividades, que seguirão rigorosamente os protocolos sanitários, mantendo as medidas de proteção e controle, como o respeito ao distanciamento e o uso de máscaras.

De acordo com secretário de Habitação, Fábio Frantz, a reunião serviu como um ‘ponta pé’ para a retomada do Diagnóstico Socioeconômico e Socioterritorial dos empreendimentos Recanto das Araras I, Recanto das Araras II e Jardim Vitória I, entregues recentemente. “Nós já tínhamos contratado o Sesi para fazer esse diagnóstico, mas no primeiro semestre nós suspendemos, em virtude da pandemia. Agora com a melhora na situação epidemiológica, o COE liberou para retomada das ações seguindo os protocolos de segurança. E hoje estamos dando ordem de serviço de retomada dessas ações do Sesi”. 

Ficou acordado que o Sesi irá apresentar um mapa de trabalho com o cronograma das atividades, e definir, juntamente com a Diretoria de Projetos Sociais, uma data para o início das ações.

A coordenadora do Sesi, Alessandra Pires, explica que com essa liberação do COE, o Sesi fará todo um cronograma para finalizar as ações nos empreendimentos em que foi contratado. “Com essa liberação teremos mais agilidade e conseguiremos realizar todas as ações previstas no contrato com a Prefeitura de Palmas”, afirmou, acrescentando que entre os serviços que devem ser ofertados estão qualificação profissional, educação e lazer para as famílias.


Contrato


No contrato firmado entre a Prefeitura e o Sesi coube ao Sesi a elaboração do Diagnóstico a partir de dados dos candidatos selecionados; seminário de apresentação do resultado do estudo Diagnóstico Socioeconômico e Socioterritorial das famílias beneficiadas; palestra sobre formas e possibilidade de organização comunitária e as alternativas de representação dos beneficiários; palestra de noções básicas sobre organização e planejamento do orçamento familiar, racionalização dos gastos com moradia e especificidades relacionadas ao novo morar.

O secretário explicou que nesse primeiro momento será retomado o diagnóstico e na sequência serão feitas as palestras previstas. “Com base nesse diagnóstico nós vamos apresentar um projeto de intervenção social nos empreendimentos, para realização de capacitação profissional e outras ações nas áreas de educação, saúde, de desenvolvimento social, que ajudarão na inserção dessas famílias na comunidade”, concluiu.