Profissionais das Unidades de Saúde da Família de Palmas são capacitados para manejo da vacina Pfizer

Secretaria da Saúde

Autor: Redação Semus/ Edição: Lorena Karlla | Publicado em 04 de maio de 2021 às 19:43

Semus divulgará o calendário de administração das doses em breve

Servidores das Unidades de Saúde da Família (USFs) receberam informações sobre o manejo da vacina contra a Covid-19 da Pfizer durante toda esta terça-feira, 4. As 3.510 doses destinadas para o município têm previsão para serem entregues ainda nesta semana com a chegada do imunobiológico ao Governo do Tocantins. O calendário dos novos grupos da fase I será divulgado em breve.

A capacitação da Central Municipal de Vacina (Cemuv) é voltada para técnicos em enfermagem, enfermeiros, coordenadores das USFs e demais profissionais que trabalham na vacinação contra a Covid-19. O público prioritário para o imunizante inclui pessoas com diversas comorbidades, deficiências permanentes, grávidas e puérperas (até 45 dias após o parto) com comorbidades.

A coordenadora da USF de Taquaruçu, Valda Lopes da Fonseca, participou da capacitação. “Podemos compreender as especificidades da Pfizer, que tem uma diluição diferente das vacinas Coronavac e Astrazeneca. Precisamos nos atualizar para garantir uma vacinação eficiente e rápida para a população”, disse a servidora.

A enfermeira Sâmia Santos Benevides também esteve na capacitação e disse que está ansiosa pela chegada da Pfizer. “São muitos públicos dentro das comorbidades, precisamos entender a particularidade de cada um. Vai ser um trabalho cansativo, mas é um cansaço gratificante, pois podemos nos doar ainda mais em prol da imunização das pessoas da nossa cidade”, afirmou a profissional.

Estarão aptos a imunização pessoas com Síndrome de Down, independentemente da idade; pessoas com doença renal crônica em terapia de substituição renal (diálise), independentemente da idade; gestantes e puérperas com comorbidades, independentemente da idade; pessoas com comorbidades de 55 a 59 anos; pessoas com Deficiência Permanente cadastradas no Programa de Benefício de Prestação Continuada (BPC) de 55 a 59 anos.

Para saber mais detalhes sobre as comorbidades incluídas como prioritárias para vacinação contra a Covid-19, acesse a página 29 da 6ª Edição do Plano Nacional de Operacionalização da Vacinação da Covid-19.