Profissionais de Saúde recebem capacitação para o preenchimento adequado das informações dos atendimentos do pré-natal

Fundação Escola de Saúde Pública

Autor: Redação Fesp | Publicado em 13 de julho de 2020 às 16:22

Promovido pela Fundação Escola de Saúde Pública de Palmas, ciclo de capacitações inicia nesta terça-feira, 14

Para melhorar e reestruturar as informações da Atenção Básica à Saúde de Palmas, em relação às notificações das usuárias do Sistema Único de Saúde (SUS) que fazem o acompanhamento do pré-natal na Capital, a Fundação Escola de Saúde Pública de Palmas (Fesp) inicia nesta terça-feira, 14, um ciclo de capacitações para os profissionais que atuam nesta área.

 

A proposta é alinhar as informações e dados da rede de saúde de Palmas com as dos Sistemas de Informação em Saúde do Ministério da Saúde. Para a chefe de Divisão de Educação Permanente em Saúde da Fesp, Socorro Sarmento, a qualificação da gestão da informação é fundamental para ampliar a qualidade no atendimento à população. “É imprescindível que os registros das ações relacionadas ao cuidado à gestante, seja em consultas do pré-natal ou em outras ações do cuidado, possam ser inseridos através das ferramentas de entrada de dados da Estratégia e-SUS. Isto é necessário para a realização adequada do monitoramento, avaliação e repasse financeiro referente às ações de pré-natal nos serviços de Atenção Básica à Saúde”, explica Socorro, acrescentando que a Fesp foi contatada pela Secretaria de Saúde para montar o curso de formação no intuito de melhor qualificar o registro das informações.

 

A capacitação ocorre entre os dias 14 a 29 de julho, nas terças, quartas e quintas-feiras de cada semana. Os profissionais serão divididos em grupos de 10 técnicos. Os encontros irão acontecer na sala de reuniões da Secretaria Municipal de Saúde, seguindo todas as normativas de prevenção dos órgãos regulamentadores e do Ministério da Saúde.

 

A coordenadora do Ciclo de Vidas da Secretaria Municipal de Saúde, Yusely Sanchez Capote, reforça que a capacitação vai contribuir e melhorar as informações referente ao Indicador do Pré-Natal pactuado do munícipio de Palmas junto ao Ministério da Saúde. “A Secretaria de Saúde identificou ao longo do primeiro quadrimestre de 2020, mediante o monitoramento dos relatórios das consultas do e- SUS, algumas inconsistências nos registros das informações que são gerados através da consulta de rotina do pré-natal, tornando alguns relatórios incompletos de informações que são necessários para o alcance do indicador do desempenho, pactuado com Ministério da Saúde”, relatou lembrando ainda que durante o curso será demonstrado de forma didática como preencher a Guia das consultas de pré-natal no e-SUS para os servidores da Atenção Primária à Saúde.