Programa de Residências da Rede de Saúde de Palmas será apresentado durante Congresso de Saúde no Ceará

Fundação Escola de Saúde Pública

Autor: Redação Semus | Publicado em 29 de abril de 2019 às 16:29

O projeto do Plano Integrado de Residências em Saúde da Fesp foi selecionado na Mostra Norte e Nordeste – Aqui tem SUS e Mostra Ceará – Aqui tem SUS,


O secretário de Saúde de Palmas, Daniel Borini, a presidente da Fundação Escola de Saúde Pública de Palmas (Fesp), Jaciela Leopoldino, a diretora de Atenção Primária, Maria Amélia Souza e a médica especialista em Saúde de Família e Comunidade, Katarina Ferreira, apresentam durante o 7° Congresso Norte e Nordeste de Secretarias Municipais de Saúde, que está sendo realizado em Fortaleza (CE), o Plano Integrado de Residências em Saúde como eixo estruturante da formação de recursos humanos para o Sistema Único de Saúde (SUS) de Palmas. Os congressistas vão conhecer um pouco sobre a Rede de Saúde de Palmas, no segundo dia de evento nesta terça-feira, 30. 

O projeto do Plano Integrado de Residências em Saúde da Fesp foi selecionado na Mostra Norte e Nordeste – Aqui tem SUS e Mostra Ceará – Aqui tem SUS, espaço onde os profissionais que trabalham no cotidiano dos serviços e da assistência mostram o SUS que dá certo.

O evento, que é considerado um dos mais importantes para o debate da saúde, traz nesta edição a temática ‘Atenção básica e regionalização: Desafios e Perspectivas’.  Dentro da programação do 7º Congresso será realizado também o XVIII Congresso do Cosems/CE, entre segunda, 29 de abril, e quarta-feira, 1º de maio.

Na programação, mesas e palestras com a participação de diversos nomes importantes locais e nacionais, abordando as temáticas da saúde, políticas públicas, gestão orçamentária, atenção básica, controle social e mercado farmacêutico. Haverá ainda feiras e exposições de stands.

Para a presidente da Fesp, Jaciela Leopoldino, o Plano Integrado é estruturante e inclusivo para as ações de educação permanente no SUS de Palmas.  “Compartilhar a experiência é importante, visto que possibilita a reflexão das práticas e a integração de processos educacionais com o cotidiano dos serviços de saúde, a partir da adoção de metodologias educacionais direcionadas ao desenvolvimento de capacidades e competências que visem à integralidade do cuidado e a produção de autonomia no fazer em saúde”, observa a presidente.

Haverá ainda diversas mesas com participação de importantes nomes locais e nacionais para discutir temas como Saúde e o Controle Social, Atenção Básica e Execução Orçamentária e Financeira, entre outros.

Na quarta-feira, 1º, o evento encerra com uma assembleia geral e a premiação dos trabalhos selecionados na Mostra Regional e Mostra Ceará - Aqui tem SUS, no qual os profissionais que trabalham nos serviços de assistência apresentarão a eficácia do Sistema Único de Saúde (SUS).

 

Edição e postagem: Lorena Karlla