Programa de saúde bucal nas escolas volta com atividades presenciais

Secretaria da Saúde

Autor: Redação Semus | Publicado em 25 de outubro de 2021 às 13:06

Durante o encontro com os odontólogos, os pequenos aprenderam técnicas corretas de escovação

As crianças de quatro a seis anos matriculadas no Centro Municipal de Educação Infantil (Cmei) Criança Feliz, situado no setor Santa Fé, receberam, na manhã desta segunda, 25, orientações de higiene bucal da equipe de profissionais da saúde que atuam na Unidade de Saúde da Família da região, onde a unidade de ensino está localizada. No encontro com os pequenos, os odontólogos falaram sobre a doença da cárie e demonstraram as técnicas de escovação.

A ação contou também com a participação de estagiários dos cursos de especialização da Associação Brasileira de Odontologia (ABO) e da equipe multiprofissional responsável pela saúde bucal na unidade. Ao final da ação, 50 crianças receberam o kit de higiene dental, composto por uma escova infantil e creme dental.

A coordenadora de Saúde Bucal de Palmas, a odontóloga Crhistine Mourão, explica que o programa de saúde bucal nas escolas da rede municipal de ensino da Capital voltou com as atividades presenciais na última semana. “A intenção dos encontros é orientar e estimular os educandos sobre os hábitos de higiene bucal. Nossos profissionais estão empenhados na prevenção das doenças bucais, principalmente nas crianças, pois sabem que é o caminho mais fácil e inteligente para evitar agravamentos futuros”, conta.

A ação

O projeto Saúde na Escola é uma ação de interação entre saúde e educação no qual os profissionais da saúde realizam várias atividades educativas e preventivas nas escolas da rede municipal. A equipe de saúde bucal inicia com bate-papo, entrega das escovas e cremes dentais e posteriormente a realização da escovação supervisionada pela equipe da odontologia. Nas próximas etapas, a equipe realizará rodas de conversa com os pais de alunos e professores sobre como proceder em casos de trauma dental e também sobre a grande ausência dos alunos às consultas odontológicas.