Público aprende truques para fazer boas fotos com o celular

Instituto 20 de Maio de Ensino, Ciência e Tecnologia

Autor: Redação IVM | Publicado em 04 de dezembro de 2019 às 10:16

Evento faz parte da programação do 2º Ciclo de Palestras do IVM, que acontece até sexta-feira, 06

Dicas de posicionamento, poses, velocidade, temperatura e ISO ideais para cada tipo de fotografia foram alguns dos assuntos abordados pelo fotógrafo profissional Gabriel Arthur Martins, na tarde desta terça-feira, 03, durante o Workshop 'Como sair bem nas fotos: desvendando os segredos do equipamento, composição e posicionamento'. O evento faz parte da programação do 2º Ciclo de Palestras do Instituto 20 de Maio de Ensino, Ciência e Tecnologia (IVM), que acontece até sexta-feira, 06.

 

Durante workshop, Gabriel abordou temas como: os três pilares da fotografia (abertura, velocidade e ISO) para explicar como sair do modo automático do aparelho celular ou equipamento. Também foi mostrada cada função da câmara do celular: o foco, que é a abertura; o balanço de branco, que é temperatura da cor; a velocidade; o ISO e o contraste manual.

 

O fotógrafo também explicou os tipos de corpos, tanto feminino quanto masculino, e a vestimenta ideal para cada tipo de corpo na hora de fazer as fotos. “Lembrando que existe estilo pessoal e adequação profissional”, frisa Gabriel, citando que a questão de cores para cada tom de pele será abordada no workshop desta quarta-feira, 04, cujo tema é: 'Como combinar cores'.

 

Ainda durante o evento, Gabriel ensinou truques de posicionamento, dicas de poses para blogueiros e noções básicas de enquadramento. Porém, destacou: “Não existe certo e errado na fotografia, mas existe o que mais fica harmonioso. Depende muito do que você quer mostrar.”

 

Ao final, Gabriel sorteou entre os participantes um ensaio fotográfico. A vencedora foi a autônoma Thaís Daniela Freitas Mendonça. Segundo Thaís, ela veio para o workshop atraída pelo tema e interessada em aprender como se portar diante das câmeras para obter melhores fotos, mas diz que aprendeu muito mais. “Aprendi a como sair do modo automático e a mexer nas configurações, melhorando bastante a qualidade das fotos que a gente está tirando”, disse, citando que leva como dica de ouro do workshop as roupas ideais para os tipos de corpo.