Restaurantes comunitários: venda de refeições em marmitas garante alimentação nutritiva e de baixo custo à população durante pandemia

Secretaria do Desenvolvimento Social

Autor: Eliene Campelo | Publicado em 29 de abril de 2020 às 11:38

Mais de duas mil refeições prontas, tipo marmita, são comercializadas todos os dias nos dois restaurantes comunitários da Capital

Mais de duas mil refeições prontas, tipo marmita, são comercializadas todos os dias nos dois restaurantes comunitários da Capital. Estes números demonstram que a estratégia adotada pela gestão municipal tem dado certo e a comunidade ainda pode contar com esses espaços para ter acesso a uma alimentação nutritiva e com baixo custo. Os restaurantes Tereza Cristina Aires e Restaurante Popular de Taquaralto estão abertos de segunda a sexta-feira, das 11 às 14 horas e vendem a refeição por apenas R$ 3,00.

 

“Desde o dia 30 de março mudamos a forma de atender a comunidade e adotamos a venda em ‘marmitex’, pois assim evitamos aglomerações, contribuímos para a segurança dos consumidores, dos servidores e mantemos a oferta de alimentos de qualidade com um preço acessível. Essa forma de fornecer o alimento será mantida enquanto perdurar a pandemia”, explica a secretária Municipal de Desenvolvimento Social (Sedes), Simone Sandri.

 

Atendimento

 

Diariamente, a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social (Sedes) fiscaliza a qualidade da alimentação servida nos dois restaurantes comunitários e mensalmente divulga o cardápio no site da Prefeitura de Palmas.

 

“Nossas equipes estão atentas para garantir que as pessoas que fazem suas refeições por meio dos restaurantes comunitários tenham um bom atendimento e um alimento com muita qualidade em seu prato”, destaca Felipe Coelho, diretor de Atenção Básica da Sedes.

 

Os usuários também podem dar sugestões por meio da Ouvidoria de Palmas, pelo endereço eletrônico: ouvidoria@palmas.to.gov.br ou por telefone 0800 6464 156.