Saúde de Palmas orienta sobre cuidados na preparação dos pratos da ceia de Natal

Secretaria Municipal da Saúde

Autor: Redação e edição Semus | Publicado em 22 de dezembro de 2021 às 15:37

Com cuidados é possível saborear os alimentos de forma segura e saudável

Com a proximidade das festas do final de ano, as famílias começam a organizar os encontros, quase sempre acompanhados de muitas comidas e bebidas. No Natal, por exemplo, a mesa costuma ser farta, cheia de pratos diferentes, com variedades da culinária. Para aproveitar de forma saudável este momento especial, sem tirar o sabor da comemoração, a nutricionista e inspetora sanitária da Secretaria Municipal de Saúde (Semus) de Palmas, Silvana Teixeira, dá dicas para que todos possam saborear de forma segura e saudável a Ceia de Natal. 

Silvana sugere que, na hora de preparar os pratos, seja dada preferência aos temperos mais naturais. “A escolha de temperos naturais, como manjericão, alho, cebola, cheiro verde (cebolinha, coentro e salsa) e orégano ajudam a diminuir o uso do sal e deixa o alimento mais saudável e gostoso”, diz.
 

Frutas

A nutricionista orienta verificar na hora da escolha das frutas e legumes, se o alimento está com o aspecto bom, sem amassados. “Como as frutas são bastante usadas na elaboração de diversos pratos, a opção é usar as frutas frescas, olhar validade, temperatura de conservação no equipamento do supermercado,  se congelado tem que estar rígido, higienizar quando chegar em casa”,  recomenda 

 

Carnes

Quando for escolher as carnes, a profissional alerta sobre a necessidade de verificar a conservação e refrigeração dos produtos. “Seja qual for a escolha das carnes que serão preparadas é fundamental que estejam condicionadas ou resfriadas em temperatura apropriada, além de precisarem apresentar cor e cheiro próprios. Ao sair do supermercado ir direto para casa para garantir a conservação de alimentos perecíveis”, explica e sugere que a pessoa dê preferência ao que costuma consumir ao longo do ano.

Silvana lembra que as ceias normalmente oferecem uma infinidade de opções de sobremesas, com cheiros, sabores e apresentações diferentes. Para o preparo de algumas, as oleaginosas como castanhas e nozes são bem-vindas. No entanto, ela recomenda apenas que as pessoas tenham cuidado porque são calóricas e podem apresentar mofos (fungos). “A dica é  escolher com sabedoria e sempre em pequenas porções, sem encher o prato com todas elas”, completa.