Saúde promove palestras sobre impactos do uso de agrotóxicos e os riscos à saúde para agentes de combate a endemias

Secretaria da Saúde

Autor: Redação Semus | Publicado em 03 de dezembro de 2018 às 11:19

Ação acontece no auditório da Unidade de Vigilância e Controle Zoonoses

 

Sabemos que é comum o uso de agrotóxicos na agricultura, não somente no Brasil, como no mundo todo. Geralmente são usados para evitar algum tipo de praga em plantações, esses produtos acabam sendo utilizados inadequadamente, gerando riscos à saúde das pessoas. Para alertar e debater sobre este grave problema, a Secretaria de Saúde de Palmas por meio da Vigilância em Saúde Ambiental realiza nesta segunda-feira, 03, ás 8 horas, no auditório da Unidade de Vigilância e Controle Zoonoses, palestras com todos os agentes de combate a endemias da rede de saúde de Palmas.

 

 

Com o tema, Impactos do uso de agrotóxicos e os riscos à saúde, o engenheiro de segurança no Trabalho, Melque do Valle e a engenheira ambiental, Silene Miranda vão abordar sobre os grandes riscos que podem inclusive ocasionar problemas em curto, médio e longo prazo, a depender da substância utilizada e do tempo de exposição ao produto às pessoas.

 

 

Para o coordenador da Vigilância em Saúde Ambiental de Palmas, Cláudio Flatim, o grupo de pessoas que mais sofrem com os efeitos dessa substância são os trabalhadores rurais que manuseiam frequentemente esse tipo de produto e os nossos agentes de combate à endemias também fazem parte de uma parcela significativa que público.

 

 

O que acontece com a intoxicação

 

 

A intoxicação por agrotóxicos pode ocasionar tonturas, cólicas abdominais, náuseas, vômitos, dificuldades respiratórias, tremores, irritações na pele, nariz, garganta e olhos; convulsões, desmaios, coma e até mesmo a morte. As intoxicações crônicas — aquelas causadas pela exposição prolongada ao produto — podem gerar problemas graves, como paralisias, lesões cerebrais e hepáticas, tumores, alterações comportamentais, entre outros. Em mulheres grávidas, podem levar ao aborto e à malformação congênita.