Sedes e parceiros inauguram o Centro de Atendimento Integrado 18 de maio

Secretaria do Desenvolvimento Social

Autor: Redação Sedes | Publicado em 11 de junho de 2019 às 16:52

Inauguração ocorreu nesta segunda, 10


A titular da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social (Sedes), Valquíria Rezende, representou a prefeita Cinthia Ribeiro, na tarde dessa segunda-feira, 10, na inauguração do Centro de Atendimento Integrado 18 de maio, objetivando a integração operativa dos sistemas de garantias de direito e fortalecimento das políticas públicas resultando em maior agilidade de serviços como medidas de proteção, assistência e atendimento a crianças e adolescentes, vítimas e/ou testemunhas de violência.

 


De acordo com a assistente social, Célia da Mata, da equipe psicossocial do Instituto Médico Legal (IML), “esse centro veio fazer um serviço de forma integrada com as delegacias, a equipe psicossocial do IML, médicos legistas e conselhos tutelares. Nesse sentido, o apoio da Secretaria de Desenvolvimento Social do município é um trabalho conjunto e integrado para melhorar e otimizar o atendimento das vítimas de violência, tais como crianças, adolescentes e mulheres, que antes desse serviço integrado tinham que ir em vários lugares diferentes para receber apoio”, afirma.

 


No evento, foi assinado um termo de cooperação pelo secretário Estadual de Segurança Pública, Cristiano Barbosa Sampaio, a secretária de Desenvolvimento Social, Valquíria Moreira Rezende e a vice procuradora-geral de Justiça, Maria Cotinha Bezerra Pereira. De acordo com o termo, a Sedes se compromete a integrar o serviço com o apoio do Conselho Tutelar, bem como apoio social às pessoas necessitadas que vierem de fora da cidade.

 


Segundo a secretária de Desenvolvimento Social, Valquíria Rezende, “esse é um projeto inédito que será bem representado e muito bem vivido, cujo objetivo maior é buscar uma mais qualidade e rapidez nesse atendimento, além de preservar a autonomia e a condição humana de todos aqueles que enfrentam a violência e isso reflete diretamente na diminuição dos índices de violência. A gente entende que é um passo muito grande, a possibilidade de trabalharmos todos juntos dentro de um mesmo centro, em prol de um mesmo objetivo que é cuidar da nossa infância”, completou.

 






Edição e postagem: Lorena Karlla