Sedes entrega mais de 300 kits de alimentação a trabalhadores autônomos e MEIs

Secretaria do Desenvolvimento Social

Autor: Marcio Greick | Publicado em 26 de junho de 2020 às 14:17

Entrega aconteceu nas regiões Norte e Sul e em Taquaruçu e atende ao disposto no Decreto nº 1882/2020, que trata do auxílio emergencial a impactados pela pandemia

Mais de trezentos kits de alimentação foram entregues na manhã desta sexta-feira, 26, pela Prefeitura de Palmas, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Social (Sedes), aos trabalhadores que se inscreveram entre os dias 09 e 11 de junho e atenderam os requisitos do Decreto Nº 1882/2020.  A medida determina a distribuição mensal do benefício aos trabalhadores autônomos e Microempreendedores Individuais (MEIs) impedidos de trabalhar por causa da pandemia do novo coronavírus (Covid-19). A entrega ocorreu no período das 9 às 12 horas, nas feiras cobertas da 307 Norte e do Aureny I, e no Centro de Atendimento ao Turista (Catur) em Taquaruçu.


A ação de entrega dos kits respeitou as normas de prevenção à Covid-19, como o  distanciamento necessário entre os trabalhadores, uso de máscaras e álcool em gel. Na  Feira do Aureny I, 188 trabalhadores receberam o  kit de alimentação; 150 foram entregues na Feira da 307 Norte e duas pessoas receberam o kit no Centro de Atendimento ao Turista (Catur), em Taquaruçu.


De acordo com a secretária municipal de Desenvolvimento Social, Simone Sandri, os trabalhadores que não retiraram o kit alimentação nesta sexta, deverão fazê-lo no próximo mês. “As pessoas que foram cadastradas e não fizeram a retirada do kit alimentação deverão fazer na próxima etapa que ocorrerá no dia 17 de julho”, disse.


Kit Alimentação


A Prefeitura de Palmas, por meio do Decreto Nº 1882/2020, que instituiu o benefício emergencial - kit alimentação -, busca atender aos trabalhadores autônomos e Microempreendedores Individuais (MEI) do município de Palmas com MEI criado até 24/04/2020, que estejam impedidos de trabalhar, por força da lei, durante o período de isolamento social em função da pandemia do novo coronavírus.