Semana do Bebê é aberta oficialmente em Palmas

Secretaria Municipal da Saúde

Autor: Redação Saúde | Publicado em 16 de maio de 2016 às 13:40

Com o objetivo de colocar a primeiríssima infância no centro das ações e atenções das comunidades e do poder público, foi aberta oficialmente na manhã desta segunda-feira, 16, a Semana do Bebê, projeto de mobilização social apoiado pelo Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF), que acontecerá até quinta-feira, 19.

 

O evento tem como objetivo tornar o direito à sobrevivência e ao desenvolvimento de crianças de até seis anos prioridade na agenda dos municípios brasileiros. Para o prefeito Carlos Amastha é preciso lutar para garantir que a primeira infância seja bem-sucedida em Palmas. “E temos lutado por isso. Essa tem sido uma de nossas mais importantes metas de gestão”, declarou.

 

Na oportunidade, Amastha fez a entrega simbólica da chave da cidade ao Bebê Prefeito Isaac Joaquim Rodrigues, nascido em quatro de maio. A mãe de Isaac Joaquim, Roberta Rodrigues de Souza, que fez o pré-natal na rede municipal se emocionou por seu filho. “É uma alegria saber que meu filho representa os bebês da cidade.”

 

Ainda durante o evento pela manhã, foi entregue o kit gestante para Glauziane Lino A. de Amorim, da Unidade de Saúde Valéria, que faz o acompanhamento da gravidez no local.

 

A primeira dama, Glô Amastha, que também esteve presente na abertura oficial, lembrou da importância dos presentes serem multiplicadores das informações que receberem durante a Semana do Bebê. “Porque as crianças são o nosso presente e futuro”.

 

De acordo com o secretário de Saúde, Nésio Fernandes, é preciso olhar não somente para a criança, mas para toda a família e a parceria entre as secretarias e outras entidades permite isto. “A Prefeitura está preocupada em garantir o desenvolvimento pleno na primeira infância, pois acredita que a garantia desses direitos é fator primordial para a qualidade de vida dessas crianças”, destacou ele.

 

Segundo ele, é importante garantir o bom desenvolvimento da criança. “É nessa fase da vida que ela desenvolve grande parte do potencial cognitivo que terá quando adulto”, ressaltou.

 

O secretário da Educação, Danilo de Melo, disse que para a gestão a criança não é só alguém que precisa de escola, de vacina, de proteção e de moradia, a criança é um todo, é um sujeito integral. “E esse evento chama todos nós para fazermos essa reflexão, a de que enquanto servidores públicos nós temos que pensar a nossa ação atendendo a comunidade na sua totalidade

 

Já a secretária de Desenvolvimento Social, Eliane Campos, destacou a atenção integral que as crianças devem ter nessa faixa etária, pois será decisivo nos processos de aprendizagem e de construção de relações sociais, fatores que influenciarão a sua vida afetiva, profissional e social.

 

Apresentações

Na abertura oficial da Semana do Bebê aconteceu a apresentação dos bebês com seus pais, além de momento cultural com o cantor Dorivã, e do lançamento de projetos e ações que já estão em andamento no município, tais como “Clínica do Bebê” (BB CLIN), projeto de atendimento e acompanhamento odontológico para bebês realizado na Unidade de Saúde (USF) Valéria Martins, a apresentadora será: Dr(a) Alessandra Moraes, Odontopediatra e Idealizadora do projeto.

 

Já o projeto “Primeira infância” da Semus é voltado para assistência à gestante e crianças de zero a dois anos de idade, com o objetivo de garantir o direito à saúde e ao desenvolvimento integral. Apresentador: Alessandro Farias Pantoja, Enfermeiro, Diretor de Atenção Básica.

 

Também foi apresentado o projeto “Menina Mãe” que faz o atendimento e acompanhamento de gestantes adolescentes, primigestas com equipe multiprofissional.

 

O “Lua Feliz” projeto de acolhimento dos bebês nos CMEIS enquanto as mães estão trabalhando ou estudando. Apresentadora: Elis.

 

E ainda de dentro da programação, o secretário da Educação, Danilo Melo, abordou o tema: Ações Pedagógicas desenvolvidas nos CMEIs de Palmas. Danilo explanou sobre as propostas e ações da educação infantil desenvolvidas dentro da rede municipal de ensino do Município que fazem parte dos eixos da proposta da rede de proteção à infância.