Semed realiza encontros formativos para professores sobre leitura e escrita na Educação Infantil

Secretaria Municipal da Educação

Autor: Redação Semed/Edição: Secom | Publicado em 15 de maio de 2024 às 08:31

A formação tem abordagem multidisciplinar e integrada, valorizando as vivências práticas de cada educador

Entre os dias 14 e 17 de maio, a Secretaria Municipal da Educação de Palmas (Semed) dá continuidade ao ciclo de formações do Leitura e Escrita na Educação Infantil (Leei), uma ação que compõe o Compromisso Nacional Criança Alfabetizada (CNCA), realizada pelo Ministério da Educação (MEC) em parceria com estados e municípios. É uma proposta de desenvolvimento profissional que utiliza a Coleção Leitura e Escrita na Educação Infantil como material didático com objetivo de oferecer formação continuada para os profissionais, com foco na oralidade, leitura e escrita.

O público-alvo dessas formações são professores de pré-escola (Pré-I e Pré-II), e a condução das formações são de responsabilidade das técnicas da Semed e das unidades educacionais da rede de ensino. A carga horária do Leei é de 126 horas, organizada com 64 horas de atividades presenciais, seis horas de seminários on-line síncronos e 62 horas de atividades on-line na plataforma AVAMEC Interativo, entre outros encontros.

Na ocasião, as cursistas receberam o material de referência para estudos, a Coleção Leitura e Escrita na Educação Infantil. Além desse material, as formadoras irão complementar com artigos científicos, vídeos, documentários e outros materiais que agregam à formação. Visando apoiar teoricamente e metodologicamente os docentes, para que desenvolvam práticas educativas que ampliem as experiências das crianças com a linguagem escrita, respeitando as especificidades da primeira infância e considerando a leitura e escrita como práticas sociais do cotidiano que sustentam interações e brincadeiras.

De acordo com a diretora de Educação Infantil da Semed Palmas, Zilmene Santana, o projeto é importante para atender às especificidades da modalidade educacional que atende crianças de 0 a 3 anos, e a pré-escola, de 4 a 5 anos, fase considerada a primeira etapa da Educação Básica que tem como finalidade o desenvolvimento integral da criança até cinco anos de idade. "Então é necessário proporcionar um ambiente estruturado onde os estudantes aprendem a interagir, compartilhar, colaborar e se relacionar com colegas e professores, desenvolvendo habilidades sociais e emocionais essenciais, como empatia, cooperação, autocontrole e resolução de conflitos", explica a diretora.

CNCA

O Compromisso Nacional Criança Alfabetizada, em regime de colaboração entre União, estados, Distrito Federal e municípios, almeja, por meio da conjugação dos esforços, garantir o direito à alfabetização de todas as crianças do País. O objetivo central é assegurar que 100% das crianças brasileiras estejam alfabetizadas ao final do 2° ano do ensino fundamental, além da recomposição das aprendizagens, com foco na alfabetização de 100% das crianças matriculadas no 3°, 4° e 5° ano afetadas pela pandemia.