Semus orienta sobre quando procurar UPA ou Unidade de Saúde em casos de suspeita de dengue

Secretaria da Saúde

Autor: Redação Semus | Publicado em 28 de dezembro de 2021 às 16:13

USFs são preparadas para atender casos leves da doença; Unidades de Pronto Atendimento acolhem pacientes que requerem cuidado imediato

A temporada de chuvas é um dos fatores que pode gerar o aumento de casos das doenças causadas pelo mosquito Aedes aegypti, sendo a dengue a mais comum na Capital. Para os atendimentos, a população palmense tem à disposição as Unidades de Saúde da Família (USFs) que estão preparadas para tratar os casos leves da enfermidade. Já para os sintomas que requerem mais atenção a recomendação da Secretaria Municipal de Saúde (Semus) é procurar a Unidade de Pronto Atendimento (UPA).

A equipe técnica da Semus explica que, na maioria dos casos de dengue, a população têm sintomas leves (dor no corpo, dor de cabeça, fadiga e febre baixa) e não há necessidade de internação. Nesses casos, não é preciso procurar a UPA. Na USF o paciente pode ter acesso ao diagnóstico a partir da prova do laço, exame de PCR, exame sorológico e outros exames. Caso teste positivo, se necessário, o usuário é hidratado com soro fisiológico na própria Unidade de Saúde e pode seguir com o tratamento adequado em casa. 

Já em caso de febre alta, dores fortes na barriga, falta de ar e sangramento na gengiva, no estômago ou ao evacuar, o paciente precisa imediatamente buscar atendimento na UPA, considerando que há risco de complicação.

A Semus reforça ainda que, em caso leve ou grave, não deve ser praticada a automedicação, dado o risco de sangramentos e alterações renais.

Cuidados com a dengue

De acordo com a coordenadora técnica Vetorial e Zoonoses da Semus, Nabia Souza, a dengue é uma doença que pode ocorrer durante todo o ano. No entanto, durante o período chuvoso, os focos do mosquito se multiplicam com facilidade. É importante que a população se atente às limpezas semanais nos quintais.

“As residências são os maiores criadouros dos mosquitos. A limpeza é importante para que seja dado um fim no ciclo de vida do Aedes aegypti e a casa não seja vetora para a doença. São poucos minutos para que os moradores vejam seus quintais. Uma vez por semana já basta para deixar o quintal livre da dengue”, orienta. 

Os principais sintomas da dengue são:

  • febre maior de 38,5°C com início súbito;
  • dores musculares intensas;
  • dor ao movimentar os olhos;
  • mal-estar;
  • náuseas e vômitos;
  • moleza no corpo;
  • cansaço extremo.