Semus promove mutirão contra dengue no setor Sol Nascente

Secretaria Municipal da Saúde

Autor: Semus | Publicado em 12 de abril de 2024 às 08:57

Trabalhadores eliminam possíveis criadouros, além de roçagem e limpeza das áreas verdes e terrenos baldios do setor

Na manhã da última sexta-feira, dia 12 de abril, um mutirão contra a dengue mobilizou diversas frentes no setor Sol Nascente, em Palmas. A iniciativa, liderada por agentes de endemias da Secretaria Municipal da Saúde (Semus), contou com o apoio da Secretaria Municipal de Infraestrutura e Serviços Públicos (Seisp) e do 22º Batalhão de Infantaria do Exército.

O objetivo era eliminar os criadouros do mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue. As equipes da Seisp realizaram a roçagem e limpeza das áreas verdes e terrenos baldios do setor, enquanto os soldados do Exército auxiliavam nas visitas às residências dos moradores.

A ação preventiva foi recebida com entusiasmo pela comunidade. A moradora Fátima Santana, 54 anos, que já contraiu dengue no passado, destacou a importância do mutirão. "Desde que tive dengue, redobrei os cuidados com meu quintal, fazendo inspeções diárias e removendo qualquer recipiente que possa acumular água", relatou. "A dengue é uma doença séria, e todos devemos fazer a nossa parte para combatê-la".

O comerciante Ailton da Silva, 50 anos, também enfatizou a importância da vigilância constante. "Cuido de plantações e de kitnets que alugo, por isso tenho o hábito de observar meus quintais para evitar a proliferação do mosquito", disse ele. "É fundamental que cada um faça a sua parte para mantermos nossa comunidade livre da dengue".

 

Cuidados

Para além do mutirão, é importante que cada cidadão esteja atento aos cuidados em sua própria casa e quintal. Eliminar criadouros, usar repelente e procurar atendimento médico em uma das Unidades de Saúde da Família (USF) em caso de sintomas são medidas essenciais para prevenir a dengue e proteger a si mesmo e à comunidade.

 

Texto: Redação Semus

Edição: Denis Rocha/Secom