Semus recebe seis monitores de triagem da Comunitas e BRK Ambiental nesta sexta-feira, 03

Secretaria da Saúde

Autor: Redação Semus | Publicado em 03 de julho de 2020 às 18:56

Equipamentos serão instalados nas Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) da Capital a partir da próxima semana



Seis monitores de triagem e classificação de risco foram entregues nesta sexta-feira, 03, pela Comunitas à Secretaria Municipal de Saúde (Semus) após uma mobilização junto à BRK Ambiental, que levantou R$ 170 mil para auxiliar a Capital no combate ao novo coronavírus (Covid-19). A previsão é que na próxima semana os equipamentos hospitalares estejam funcionando nas Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) Sul e Norte.



Os monitores servirão para realizar a classificação de risco dos pacientes no primeiro atendimento e verificar a pressão arterial, temperatura e oxigenação sanguínea. Em breve, outros seis monitores multiparâmetro também serão doados à Semus. Esses, além terem todas as funções dos monitores de triagem, acompanham a função cardíaca do paciente.



Para o secretário Daniel Borini, a doação ocorreu em boa hora. “Esses equipamentos nos ajudarão a classificar melhor nossos pacientes. Eles chegam em um momento muito importante, com eles poderemos monitorar o acompanhar os casos para que eles tenham a melhor gravidade possível”, afirma o gestor ao assinar o termo de recebimento de doação.



O diretor de Operações da BRK no Tocantins, Rodrigo Lacerda, esteve na entrega dos equipamentos na sede da Semus. Ele destacou que a BRK entende que nesse momento pandêmico as empresas privadas têm um importante papel em oferecer auxílio ao Poder Público. “Temos apoiado diversas localidades de inúmeras formas. Sabemos que a água tratada é de suma importância no combate ao coronavírus e estamos dando um passo a mais com a doação desses equipamentos, para além do fornecimento de água no Tocantins”, completa.



A Comunitas é uma organização social que busca a melhoria da gestão pública e que tem atuado em soluções rápidas para a crise enfrentada mundialmente no combate ao novo coronavírus. A organização realizou um mapeamento dos desafios encontrados pelos gestores em busca de melhores estratégias para lidar com o momento atípico.