Servidores e população aprendem como construir relacionamentos e uma boa imagem pessoal

Instituto 20 de Maio de Ensino, Ciência e Tecnologia

Autor: Redação IVM | Publicado em 27 de junho de 2019 às 10:55

Assuntos foram abordados durante programação dessa quarta-feira, 26, no Ciclo de Palestras do IVM


Como identificar e entender os outros por meio  do seu perfil comportamental para uma comunicação mais assertiva e como as pessoas podem usar o que tem de melhor a seu favor. Esses foram os assuntos que conduziram palestra e oficina durante a programação dessa quarta-feira, 26, do 1º Ciclo de Palestras e Oficinas que o Instituto 20 de Maio de Ensino, Ciência e Tecnologia está realizando nesta semana. O evento é aberto ao público e acontece até esta sexta-feira, 28, no auditório do IVM.

 

 

A primeira palestra, que abordou o valor dos relacionamentos, a palestrante Lédyce Nóbrega Porto, que além de advogada e diretora da Escola de Governo de Palmas, é coach e analista de perfil comportamental, falou sobre o valor dos relacionamentos e como identificar e entender as pessoas através do seu perfil comportamental. A palestrante tratou como as pessoas podem ter uma comunicação eficiente a partir do conhecimento do perfil comportamental dela e como podem expressar seu amor para com as outras pessoas de acordo com a linguagem dela cada um. Na oportunidade, aplicou um teste com o objetivo de fazer com que o público conseguisse identificar, de forma prática e concreta, sua linguagem de amor. Ao final, a palestrante sorteou um exemplar do livro As cinco linguagens do amor, de Gary Chapman.

 

 

A servidora Gildênia Silva de Jesus, que é analista de sistemas da Secretaria Municipal de Saúde, conta que achou a palestra muito enriquecedora. “Muito interessante, a gente conhecer as pessoas, a personalidade de cada um”, disse, destacando que quando se assiste a uma palestra como essa, percebe-se o quanto é importante procurar conhecer e entender o outro. “Eu não posso querer que o outro seja como eu sou. Às vezes, a gente quer que as pessoas sejam como a gente é, e não, cada um tem a sua personalidade própria, e eu tenho que entender isso, eu tenho que conhecer a pessoa para poder tratá-la bem, eu não posso querer tratar a pessoa como eu sou.”

 

 

Imagem pessoal

 

No segundo momento da programação, a administradora e consultora de imagem Maria Lídia Costa falou sobre dicas importantes sobre como construir uma boa imagem pessoal, focando no que se tem de melhor e disfarçando aquilo que não seja tão favorável. “Todos nós temos pontos a disfarçar, olhando fisicamente, e pontos a ressaltar. O curso de imagem pessoal ou visagismo busca essas coisas, que utilizemos cores, corte de roupa, modelos e estilos para que possamos valorizar a nossa imagem pessoal, disfarçando algumas coisas que a gente possa ter que talvez não seja tão favorável e realçando outras que também temos no nosso corpo, como a cor do cabelo e dos olhos”, enfatizou.

 

 

A estudante de Ciências Contábeis Ana Paula Carvalho de Sousa disse que foi a primeira vez que participou de evento que abordasse o tema e comenta que aprendeu muitas dicas importantes sobre imagem pessoal, como a que a pessoa tem que se atentar para si mesma, não só no que diz respeito ao trabalho.

 

 

Abertura

 

Durante a abertura da programação, a presidente do IVM, Valéria Albino de Araújo Nunes, ao falar sobre o 1º Ciclo de Palestras e Oficinas, disse que o evento demonstra a preocupação do Instituto para com o servidor. “Quanto melhor nós estivermos no campo pessoal e mental, melhor nós vamos desempenhar nosso papel e teremos uma melhor qualidade de vida”, ressaltou, completando que além da preocupação em capacitar o servidor, a gestão tem esse olhar do cuidado. “É preciso esse olhar mais humanizado”.