Simulação de incêndio na Arse 52 acontecerá na sexta-feira, 27

Secretaria Municipal de Segurança e Mobilidade Urbana

Autor: Deni Rocha | Publicado em 25 de maio de 2022 às 17:10

Defesa Civil realiza treinamento de brigadistas próximo ao Parque Cesamar

Controle do fogo

Doze brigadistas da Capital fazem simulação de incêndio na Arse 52, ao lado do Parque Cesamar, nesta sexta-feira, 27, a partir das 09 horas, como treinamento de combate ao fogo, promovido pelo Comitê Municipal de Prevenção, Controle e Combate a Incêndios Florestais e Queimadas Urbanas (PrevIncêndio). 

O superintendente da Defesa Civil do Município, Bruno Maciel, ressalta que o simulado de preparação para o combate aos incêndios florestais é realizado por meio de exercícios práticos que implicam na mobilização de recursos e pessoas para avaliar os riscos, em tempo real, e estabelecer o método de combate a ser utilizado na resposta ao sinistro. “A simulação de incêndio é uma importante ferramenta para preparar e estabelecer procedimentos e melhorias no tempo resposta”, declarou, ressaltando que em junho de 2022 mais oito brigadistas se juntarão à equipe.

“Por meio desse exercício podemos contribuir sobremaneira para a rápida resposta, minimizando os efeitos danosos dos focos de incêndio”, disse, destacando que nesta prática será empregada as técnicas de controle, aceiros manuais, faixas de controle, com uso de bomba costal, soprador, abafador e viaturas preparadas para atuar no combate.

Bruno Maciel, destaca que os brigadistas vão receber instruções sobre técnicas de combate a incêndio florestal, teoria do fogo e noções de primeiros socorros, visando o melhoramento tanto no planejamento como na execução das operações no combate e na prevenção de incêndios em Palmas.

Maciel diz ainda que no final do procedimento é realizado o Manejo Integrado do Fogo (MIF), uma técnica que utiliza a queima controlada para reduzir a quantidade de material combustível (vegetação), presente em uma determinada área. “MIF é uma ferramenta de controle de incêndios florestais adotada em todo o mundo, principalmente pelos países com vegetação tipo savana”, finalizou, completando que este manejo busca estabelecer queimas de baixa capacidade calorífica propiciando um menor impacto ao meio ambiente quando comparados aos incêndios florestais.

 

Queimadas

A Defesa Civil do Município destaca que Palmas ainda não está no momento mais crítico, e que o Instituto Espacial de Pesquisas Espaciais (INPE) registrou, neste período de estiagem que está começando, dois focos de calor no Município, e que a brigada já realizou, neste mesmo período, cinco combates às queimadas.

 

Comitê

O Comitê Municipal de Prevenção, Controle e Combate à Incêndios Florestais e Queimadas Urbanas (PrevIncêndio) é composto pela Fundação Municipal do Meio Ambiente (FMA), Secretaria Municipal de Segurança e Mobilidade Urbana (Sesmu), através da Guarda Metropolitana Ambiental (GMP) e Defesa Civil, pela Secretaria Municipal de Infraestrutura e Serviços Públicos, Secretaria Municipal de Saúde e Secretaria Municipal de Educação.