Técnicos da Agtur e empresários avaliam os primeiros dias de reabertura dos restaurantes da Praia da Graciosa

Autor: Redação Agtur | Publicado em 24 de junho de 2020 às 09:13

Durante o encontro foram abordados assuntos sobre condições da Praia e feedback dos primeiros dias de abertura dos restaurantes

Na manhã dessa terça-feira, 23, os representantes da Agência Municipal de Turismo (Agtur), e comerciantes da Praia da Graciosa reuniram-se para debater demandas da praia, bem com passar um retorno de como tem sido os primeiros dias de abertura dos restaurantes. O encontro aconteceu em um dos restaurantes da Praia da Graciosa.

 

Durante o encontro o secretário executivo da Agtur, William Brito, respondeu aos questionamentos, esclarecendo que o principal objetivo do encontro era ouvir os comerciantes, tendo em vista a manutenção da Praia da Graciosa, bem como todas as outras praias da Capital bem conservadas, e prontas para que, quando forem reabertas, possam atender bem aos palmenses e turistas.

 

Segundo Rafael Henrique, proprietário de um dos restaurantes da praia, os comerciantes e clientes estão aceitando bem as restrições e seguindo as normas impostas pelo Município. Eles explicam que adotaram cuidados como a higienização de todas as mesas, e uso de tolhas de mesa somente na hora em que o cliente chega para que ele tenha certeza de que a mesa foi esterilizada. “A reabertura foi positiva, todos os comerciantes estão comprometidos em adotar os protocolos de segurança e o movimento deve ter um aumento gradativo. É importante que os clientes que visitem os estabelecimentos também cumpram com as suas responsabilidades, afinal é um esforço de todos para todos”, disse o comerciante.

 

Finalizando o encontro, William Brito reforçou a importância do diálogo constante, e a colaboração de todos para a manutenção da praia sempre bela e atrativa. “A Agtur vai sempre manter esse diálogo com vistas a manter as praias, que são importantes cartões postais da cidade, preparadas para receber os turistas, bem como a geração de emprego e renda dos comerciantes do setor, ressaltando também, que nesse momento é importante ter paciência e cumprir os decretos municipais, pois a Prefeitura tem buscado manter os restaurantes abertos, mas nesse momento é necessário a ajuda de todos”, ressaltou Brito.