22/06/2019 às 10h45

Juninas arrancam aplausos do público na terceira noite do Arraiá da Capital

imagePúblico lotou arena durante apresentação das quatro juninas

Público lotou arena durante apresentação das quatro juninas

Fotógrafo: Edu Fortes

Fechar
imageÚltima apresentação da noite, a Estrela do Sertão trouxe para a arena o tema "Fome de Justiça"

Última apresentação da noite, a Estrela do Sertão trouxe para a arena o tema "Fome de Justiça"

Fotógrafo: Júnior Suzuki

Fechar
imageA Girassol do Cerrado, formada na comunidade Lago Sul, entrou com a formação de 32 integrantes

A Girassol do Cerrado, formada na comunidade Lago Sul, entrou com a formação de 32 integrantes

Fotógrafo: Júnior Suzuki

Fechar
imageA junina Encanto Luar  apresentou ao público o tema ‘Forró, Baião, Balão’

A junina Encanto Luar apresentou ao público o tema ‘Forró, Baião, Balão’

Fotógrafo: Júnior Suzuki

Fechar
imagePrimeira a se apresentar, junina Coração Caipira trouxe em seu enredo um casamento ambientado no interior

Primeira a se apresentar, junina Coração Caipira trouxe em seu enredo um casamento ambientado no interior

Fotógrafo: Júnior Suzuki

Fechar

Redação Secom

A terceira noite do Arraiá da Capital encantou o público com a apresentação de quatro juninas que em comum tiveram a exaltação à cultura nordestina de raiz, lembrando as tradicionais quadrilhas de São João, que ganharam o gosto de todas as regiões brasileiras e são consideradas, atualmente, patrimônio cultural nacional.

 

A primeira Junina a se apresentar foi a Coração Caipira, que trouxe em seu enredo um casamento caipira, ambientado numa cidade do interior e que encantou o público com o toque de deboche na encenação teatral que antecedeu a apresentação dançante.

 

Na sequência foi a vez da Quadrilha Junina Girassol do Cerrado empolgar a multidão, trazendo em seu enredo as crenças que envolvem as festas juninas, a exemplo das rezas, novenas, simpatias, principalmente o que as moças fazem para conseguirem um bom casamento.

 

A Junina Girassol do Cerrado, formada na comunidade Lago Sul, entrou com a formação de 32 integrantes – 16 pares de bailarinos, além do marcador. A quadrilha iniciou em 2004, apresentando-se em escolas e em 2019 fez sua primeira competição no circuito de quadrilhas do Arraiá da Capital.


O presidente e marcador da Girassol do Cerrado, Stefan Lucas, 22 anos, comentou que o enredo foi elaborado pensando na interação com o público e que a intenção foi trazer à memórias as festas originais do mês de junho. A apresentação da Junina durou cerca de meia hora, entre a apresentação teatral e as danças de forró, além da apresentação do enredo.

 

A terceira apresentação foi da Quadrilha Encanto Luar que apresentou ao público o tema ‘Forró, Baião, Balão’, contando a história de como começaram as festas de São João. O grupo, que representa a comunidade do setor Santa Bárbara, foi composto por 32 casais (16 pares de bailarinos), além do marcador e 10 apoios.

 

A presidente do grupo, Leia Santos, 32 anos, gestora de Recursos Humanos, disse que neste ano a estrutura superou as expectativas e que o novo espaço destinado às apresentações, asfaltado e que dispensou o tablado, contribuiu para o melhor desenvolvimento das Juninas. “Nossa expectativa é esta, que a cada ano a estrutura do Arraiá seja melhor”, comentou Leia.

 

A última apresentação da noite foi da junina Estrela do Sertão, composta também por 32 integrantes (16 apres), além de marcadores e pessoal de apoio. O enredo da Quadrilha foi ‘Fome de Justiça’ e trouxe a encenação de uma moça do interior, que recém-chegada à cidade grande, conhece e se apaixona por um rapaz herdeiro de uma família de posses, que a rejeita.

 

Com esse argumento a Junina desenvolveu sua apresentação, encantando o público. A presidente da Junina, Luzirene Soares Pinto, 42 anos, cozinheira, contou que entre as compensações de trabalhar com a organização das quadrilhas está a de realizar um trabalho de inclusão social, por meio da arte. “Nestes anos que trabalho com as Juninas já conseguimos resgatar muitos jovens e isso é compensador”, afirmou.

 

Coreto

 

Mas não foram só as quadrilhas juninas que encantaram o público. As apresentações do coreto, que na noite desta sexta-feira, 21, contaram com Paraíba dos 8 Baixos, Trio Bacana e Célia Araújo, também empolgaram o público.

  

É o caso da estudante Beatriz Saras Rebelo, 22 anos, que diz que ficou encantada com o forró pé-de-serra. “Sou do Nordeste e fico encantada quando escuto um forró de raiz e este show no coreto está muito bom”, disse a estudante, que acha que deveria ter mais espaços para estas apresentações ao longo do ano, na cidade.

 

Beatriz estava acompanhada da avó Branca Rebelo e da Tia Patrícia Rebelo, além da pequena Maria Flor, que vestida a caráter, aproveitou a noite de festa típica de Palmas.



Revisão e postagem: Iara Cruz

Portal do Contribuinte

Aqui você encontra os serviços on-line disponibilizados pela prefeitura.

Nota Quente

Programa de incentivo à emissão de notas fiscais gerando crédito para concorrer a prêmios.

Utilidade pública

Este espaço facilita o acesso do cidadão aos serviços prestados pelo município.

Servidor

Canal destinado à assuntos dedicados ao servidor público municipal.

Concursos

Canal destinado à concursos realizados pela Prefeitura de Palmas.

Turista

Conheça Palmas. Seus pontos turísticos, sua diversidade e eventos você encontra aqui.

PROJETOS E AÇÕES

+ PROJETOS E AÇÕES