27/05/2020 às 10h47

Série tocantinense de dramaturgia infantojuvenil ‘O Boneco de Barro e o Rei’ estreia na TV Brasil

imageCom apoio cultural da Prefeitura de Palmas, emissora pública lança produção independente

Com apoio cultural da Prefeitura de Palmas, emissora pública lança produção independente

Fotógrafo: Divulgação

Fechar
imageSeriado reuniu um elenco com cerca de 40 atores tocantinenses e 200 profissionais envolvidos no processo

Seriado reuniu um elenco com cerca de 40 atores tocantinenses e 200 profissionais envolvidos no processo

Fotógrafo: Divulgação

Fechar
imageO roteiro e a direção são assinados pelo artista tocantinense Nival Correia

O roteiro e a direção são assinados pelo artista tocantinense Nival Correia

Fotógrafo: Divulgação

Fechar

Redação FCP

Inspirada no clássico ‘As Aventuras de Pinóquio’, romance do italiano Carlo Collodi, o novo seriado de dramaturgia infantojuvenil ‘O Boneco de Barro e o Rei’ entrou na programação da TV Brasil nessa segunda, 25. A obra é o primeiro seriado de ficção do Tocantins e foi desenvolvida com recursos do Prodav/TVs Públicas e apoio cultural da Prefeitura de Palmas através da Fundação Cultural de Palmas e Agência Public. A produção independente inédita vai ao ar na faixa TV Brasil Animada em dois horários: de segunda a sábado às 12h45, e de segunda a sexta às 16h45.

 

Com 26 episódios de 13 minutos, a série acompanha trama do artesão viúvo que molda um boneco com barro e lágrimas. Nos primeiros raios do sol, o boneco ganha vida e parte em busca de respostas existenciais. Na jornada, ele aprende com os dilemas que lida no reino por ser diferente. A história traz referências baseadas no folclore e em tradições brasileiras, rica estética do teatro mambembe com a simplicidade de cenários, figurinos e maquiagem. Traços do cordel embalam a animação de abertura dos capítulos que incluem trilha sonora autoral.

 

Com roteiro e direção assinado por Nival Correia e realização da produtora Spatium Arte e Cultura em co-produção com MZN Filmes e Jubalina Produções, o seriado reuniu um elenco com cerca de 40 atores da região e 200 profissionais envolvidos no processo.

 

Enredo da série

 

A trama acompanha o artesão Mestre Toá (Juliano Gomes) que vive uma rotina feliz com sua esposa (Iva de Oliveira) na província de Barrolândia até que ela morre ao dar à luz a um bebê ainda no primeiro episódio ‘Gênesis’.

 

Com sangue real, o viúvo irmão gêmeo do Rei Triste cria a frágil criança até os 10 anos quando o filho (Davi Marques) também falece. Mestre Toá decide terminar de moldar um boneco de barro e lágrimas que fazia para seu filho e vai embora.

 

O boneco (Felipe Trindade) cria vida após uma névoa que toma a região com o Decreto Real do Silêncio. Ele tenta descobrir explicações para suas dúvidas existenciais. Por que não é como as outras pessoas? Por que o tratam com tanta indiferença?

 

No Reinado Infeliz, dizem que o Rei Triste (Juliano Gomes) é o homem mais sábio do reino. No entanto, o boneco não consegue as respostas devido a esse decreto na corte em vigor desde a doença da rainha (Fernanda Veloso).

 

Na sua peregrinação, o boneco se depara com diversas situações curiosas que o fazem refletir sobre a vida. Durante as andanças, ele se preocupa com a guerra entre o triste rei e os bacamartes, observa as malandragens do Homem da Cobra, nota a determinação de seu Capenga que não o deixa passar pelo vão da ponte e ainda convive com a perseguição do bando de Ave de Rapina.

 

Apesar disso, a odisseia do boneco traz novas amizades que ele cria no decorrer da aventura. O protagonista recebe ajuda das inquietas Criada e Serva; de Andu e Corda, os Incansáveis Plantadores de Feijão; e dos audaciosos Carabina e Espuleta.

 

Em um trilhar repleto de peripécias, o boneco de barro descobre tragicamente no final como resolver toda a comoção que envolve o conflito entre as províncias e trazer paz para o Reino Infeliz.

 

Ficha Técnica

 

Produção: Spatium Arte e Cultura

Direção e roteiro: Nival Correia

Produção executiva: Emerson Rodrigues 

Direção de fotografia: Márcio Mazaron

Direção de arte: Raiza Antunes

Direção de produção: Stella Antunes

Elenco: Felipe Trindade, Juliano Gomes, Cleuda Milhomem, Bell Gama, Kaká Nogueira, Iva de Oliveira, Davi Marques, Fernanda Veloso, Lucas Justino, Piettro Lamonier, Thiago Omena, Mayumi Matuoca, Clóvis dos Santos, Igor Leandro Balbino, Kadu Oliviê, Bruno Lopes, Wesley Gomes, Júnior Foppa, Bruno Barros, Neto Ribeiro, Magna Carneiro, Magno Santos, Cícero Belém.

Episódios: 26

Duração: 13 min.

Gênero: Infantil/Drama

Ano: 2019

Classificação indicativa: Livre

 

Serviço

 

O Boneco de Barro e o Rei

Segunda a sábado: às 12h45

Segunda a sexta: às 16h45

Canal: TV Brasil.

 

Portal do Contribuinte

Aqui você encontra os serviços on-line disponibilizados pela prefeitura.

Nota Quente

Programa de incentivo à emissão de notas fiscais gerando crédito para concorrer a prêmios.

Utilidade pública

Este espaço facilita o acesso do cidadão aos serviços prestados pelo município.

Servidor

Canal destinado à assuntos dedicados ao servidor público municipal.

Concursos

Canal destinado à concursos realizados pela Prefeitura de Palmas.

Turista

Conheça Palmas. Seus pontos turísticos, sua diversidade e eventos você encontra aqui.

PROJETOS E AÇÕES

+ PROJETOS E AÇÕES