03/06/2019 às 17h42

Na contramão da crise, Palmas gerou, de janeiro a abril, mais de 500 postos de trabalho com carteira assinada

imageOs dados são Caged -  indicador que mede a diferença entre contratações e demissões, e de acordo com ele, na soma dos últimos 12 meses, foram 891 vagas preenchidas com carteira assinada

Os dados são Caged - indicador que mede a diferença entre contratações e demissões, e de acordo com ele, na soma dos últimos 12 meses, foram 891 vagas preenchidas com carteira assinada

Fotógrafo: Web

Fechar

Deni Rocha


No Brasil, a criação de empregos com carteira assinada atingiu, em abril deste ano, o maior nível para o mês em seis anos, segundo dados divulgados pelo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do Ministério do Trabalho, com 129.601 postos formais de trabalho criados. Em Palmas não foi diferente, pois a pesquisa aponta que na Capital foram criadas, no mesmo período, 259 vagas de emprego, com média salarial de R$ 1.584,51.



No acumulado do ano, de janeiro a abril, o saldo da Capital também é positivo com 539 postos de trabalho. Esse saldo em quatro meses é quase o total gerado em 2018, que registrou 568 vagas de janeiro a dezembro.

 


O indicador mede a diferença entre contratações e demissões, e de acordo com ele, na soma dos últimos 12 meses, foram 891 vagas preenchidas com carteira assinada.

 


Quem liderou o número de contratações foi o setor de serviço que foi puxada pelos serviços de alimentação, imobiliário, médicos, transportes e comunicação. Já o comércio foi impulsionado pelos varejistas e atacadistas.



Dentro desse cenário, a Prefeitura tem trabalhado e contribuído para aumentar a geração de emprego e renda com atendimento à população desempregada nas três unidades do Resolve Palmas, disponibilizando o Sine Municipal.



Segundo o diretor de Qualificação Profissional e Emprego do Sine de Palmas, Batista Ribeiro, o sistema procura desenvolver uma formatação de interação entre os interessados, empregadores, empregados e captadores de vagas, visando melhor atendimento aos cidadãos.



Ribeiro destacou ainda que o sistema oferece os serviços de pré-seleção para qualquer cargo, divulgação de vagas, identificação de candidatos conforme o perfil levando em consideração conhecimentos, habilidade, atitude, orientação psicológica e preparação para entrevista, bem como qualificação voltada para ampliação dos conhecimentos específicos e desenvolvimento das habilidades e atitude dos trabalhadores, auditório para palestra e seleções, e por último encaminhamento do perfil exigido do empregador.



Jovem Empreendedor



No Município existe ainda a parceria com a Rede Nacional de Aprendizagem, Promoção Social e Integração (Renapsi) que capacita jovens para estarem no mercado de trabalho, além de dar a todos a primeira oportunidade de emprego. Atualmente, a gestão municipal conta com 130 pessoas no Resolve Palmas Jovem e 160 no programa Jovens Empreendedores, que trabalham de 4 horas a 6 horas diárias, de segunda à sexta-feira, com remuneração de R$ 499,00 (carga horária de 4 horas diárias) e R$ 681,13 (para os que trabalham 6 horas diárias), mais vale-transporte, vale-alimentação, seguro de vida e assistência familiar, escolar e social.



Editais



A Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Emprego (Sedem) informa que durante o ano, em todos os eventos municipais é feito um chamamento público, por edital, para compor um mix de produtos para fazer parte da Vila Gastronômica. Na avaliação da pasta, os editais, além de promover diretamente geração de renda para os microempreendedores selecionados, pode gerar postos de empregos formais.

 

 

A pasta destaca que somente na festa de aniversário da Capital, celebrada no último dia 19 de maio, os microempreendedores da Vila Gastronômica que foram comercializar pastel, caldo, pipoca, crepes, sorvetes, açaí e outros produtos faturaram mais de R$ 800 mil durante o evento.



De acordo com a secretária de Desenvolvimento Econômico e Emprego, Adriana de Almeida, o evento foi um verdadeiro sucesso de vendas para os microempreendedores da Vila Gastronômica. “Só na categoria ‘comida’ a estimativa é que tenham sido vendidos cerca de 420 mil reais em delícias como sanduíches, sorvete, açaí, caldos, doces e outros. Já os vendedores que trouxeram bebidas para comercializar no evento faturaram mais de 410 mil reais”, explicou a gestora.

 





 

Edição e postagem: Lorena Karlla 

Portal do Contribuinte

Aqui você encontra os serviços on-line disponibilizados pela prefeitura.

Nota Quente

Programa de incentivo à emissão de notas fiscais gerando crédito para concorrer a prêmios.

Utilidade pública

Este espaço facilita o acesso do cidadão aos serviços prestados pelo município.

Servidor

Canal destinado à assuntos dedicados ao servidor público municipal.

Concursos

Canal destinado à concursos realizados pela Prefeitura de Palmas.

Turista

Conheça Palmas. Seus pontos turísticos, sua diversidade e eventos você encontra aqui.

PROJETOS E AÇÕES

+ PROJETOS E AÇÕES