01/10/2015 às 08h45

Esclarecimento aos pais de alunos da Rede Municipal de Ensino

Redação Semed

A Prefeitura de Palmas, por meio da Secretaria Municipal da Educação (Semed), lamenta a decisão do Sindicato dos Trabalhadores em Educação da Regional de Palmas de iniciar uma greve em momento tão inoportuno e difícil para a cidade, o Estado e o País. A Semed ressalta que a Gestão prima pela qualidade da Educação, valorizando o papel dos profissionais, além de manter-se em dias com seus servidores.

 

Em menos de três anos já foram pagos 4.578 benefícios aos educadores, um investimento total de R$ 10.996.132,59. Mesmo diante da diminuição dos repasses feitos pela União, principalmente referente ao Fundo de Participação dos Municípios (FPM), que impactaram diretamente sobre o orçamento da educação, a Prefeitura de Palmas está empenhada em cumprir com todos os compromissos assumidos com os educadores e continuar investindo na melhoria do ensino ofertado na Capital.

 

A Pasta informa que vem ampliando as conquistas dos professores, aumentando o percentual de gasto com a folha de pagamento dos professores, com reajustes, progressões e premiações, o que faz com que um professor em início de carreira receba hoje R$ 3.900,00. Um dos maiores salários do país por 40 horas semanais, sendo reservado um dia da semana para planejamento em casa.

 

O secretário municipal da Educação, Danilo Melo, destaca que é prioridade da gestão colocar em dia os benefícios dos profissionais da pasta. “É determinação do prefeito Carlos Amastha cumprir com o PCCR da Educação, garantindo a valorização dos profissionais”, afirmou.

 

Só neste ano, já foram pagos 666 benefícios, um investimento na ordem de R$ 3.822.068, 06 (Três milhões, oitocentos e vinte e dois, sessenta e oito reais e sessenta e seis centavos). Atualmente estão prontos para publicação e pagamento 427 processos.

 

Em 2015, a cada R$ 5 dos recursos recebidos pela Prefeitura, seja de transferências constitucionais voluntárias da União, impostos ou convênios, R$ 1 foi usado diretamente no pagamento dos salários dos professores e profissionais da educação. É o que mostra o cruzamento de dados da folha oficial da Secretaria da Educação com o Portal da Transparência da Prefeitura de Palmas. Conforme os números, até o mês de agosto, o município arrecadou R$ 631,6 milhões, enquanto o gasto com a folha da educação no mesmo período foi de R$ 126 milhões. O valor da folha, portanto, corresponde a 20% da arrecadação total.

 

Já foi investido de 2013 até a presente data R$ 1.679.580,00 (um milhão seiscentos e setenta e nove mil, quinhentos e oitenta reais) na aquisição de 577 aparelhos de ar condicionado, além de outros investimentos na aquisição de transformadores e reforma na rede elétrica das unidades educacionais, em valor aproximado de R$ 2.652,000,00 (dois milhões seiscentos e cinquenta e dois mil reais).

 

Atualmente, todos os 28 (vinte e oito) Centros Municipais de Educação Infantil (CMEIs) e 13 Escolas estão climatizados e mais 900 (novecentos) ar condicionados que serão instalados nas unidades escolares.

 

Diante disto, a Prefeitura apela para o bom senso, solicitando que desistam da greve, assegurando o permanente diálogo em novas rodadas de negociações para melhorar ainda mais as condições de trabalho e remuneração dos nossos professores.

Portal do Contribuinte

Aqui você encontra os serviços on-line disponibilizados pela prefeitura.

Nota Quente

Programa de incentivo à emissão de notas fiscais gerando crédito para concorrer a prêmios.

Utilidade pública

Este espaço facilita o acesso do cidadão aos serviços prestados pelo município.

Servidor

Canal destinado à assuntos dedicados ao servidor público municipal.

Concursos

Canal destinado à concursos realizados pela Prefeitura de Palmas.

Turista

Conheça Palmas. Seus pontos turísticos, sua diversidade e eventos você encontra aqui.

PROJETOS E AÇÕES

+ PROJETOS E AÇÕES