15/12/2019 às 12h14

Banda de Brasília Jah Live encerra PMW Rock Festival neste domingo, 15

imageProgramação deste domingo inicia mais cedo, a partir das 17h

Programação deste domingo inicia mais cedo, a partir das 17h

Fotógrafo: Divulgação

Fechar
imageBanda sobe ao palco para animar o público a partir das 20 horas

Banda sobe ao palco para animar o público a partir das 20 horas

Fotógrafo: Divulgação Web

Fechar

Deni Rocha

A última noite do PMW Rock Festival que acontece neste domingo, 15, a partir das 20 horas, apresenta a banda de reggae de Brasília Jah Live que iniciou sua trajetória em 1998 quando os integrantes se uniram para fazer um som de garagem. Logo no primeiro ano a banda fez grande sucesso, abrindo shows de nomes nacionais e internacionais, percorrendo todo o país em turnê.

 

Durante sua trajetória o Jah Live gravou um show ao vivo e vendeu mais de 20 mil cópias, entrando para o hall das principais bandas de reggae do Brasil. Em seguida apareceu a primeira gravadora, lançando o disco ‘Se curvar jamais’, com várias músicas de sucesso.

 

Logo após foi lançado o álbum ‘Nossa vida em 2010’. Depois de um período parada, a banda retornou em 2017, com o vocalista Vitrola da cidade de Recife (PE). Atualmente a banda é composta pelo Vitrola, vocal, Bruno Xavier, baixo, Martin Barreiro, bateria, Rodney Silveira, bateria e Herik Marcos nos teclados.

 

Trupe-açu

 

Criada em 2000, no distrito de Taquaruçu, em Palmas, a Companhia Trupe-açu espalha a arte circence no Estado, misturando artesanato, cantos, contos, dialetos e os trejeitos do povo com a palhaçaria tradicional brasileira. A Trupe-açu cria um intercâmbio cultural e frequenta festivais de circo em diversos pontos do País e do mundo, levando sua arte e absorvendo os ensinamentos dos grandes mestres regionais.

 

Bonovo

 

Formada por Tom Karin, bateria, Lothar, baixo e Mamedkarin, guitarra e voz, a banda está há cinco anos pesquisando a Catira que é o ritmo primitivo do Tocantins. Segundo a Bonovo, eles querem levar para as pessoas essa riqueza cultural que faz parte da história de apenas algumas regiões do Estado, quando na verdade carece de espaço na mídia urbana geral. A banda possui as músicas ‘Macaúba’, ‘Palmas de todos os Cantos’, ‘Catiranda’, ‘A Feira da 304 Sul’ e "Jogos da Paz" tema dos Jogos Indígenas de 2015.

 

O Mundo Imaginário

 

O grupo O Mundo Imaginário é composto por integrantes dos cursos de formação artística do Centro de Criatividade da Fundação Cultural de Palmas. Ex-alunos dos cursos de música, dança, teatro que se encontraram e decidiram unir as diversas expressões artísticas na criação do grupo. ‘Não Namore com a Solidão’ é o primeiro musical dos artistas, que também já realizaram uma montagem literária para o projeto Terça Literária.

 

Wizened Tree

 

Criada em 2015 a Wizened Tree surgiu em Palmas reunindo referências que passam por Led Zepellin, Pink Floyd e Black Sabbath. A banda é composta pelos irmãos Artur, guitarra e vocal, e Davi, bateria, Douglas Vilela na guitarra e Felipe Martins no baixo. Entre os principais desejos da banda é que consigam viver da música, dedicando-se integralmente a carreira artística.

 

 

Revisão: Iara Cruz

Portal do Contribuinte

Aqui você encontra os serviços on-line disponibilizados pela prefeitura.

Nota Quente

Programa de incentivo à emissão de notas fiscais gerando crédito para concorrer a prêmios.

Utilidade pública

Este espaço facilita o acesso do cidadão aos serviços prestados pelo município.

Servidor

Canal destinado à assuntos dedicados ao servidor público municipal.

Concursos

Canal destinado à concursos realizados pela Prefeitura de Palmas.

Turista

Conheça Palmas. Seus pontos turísticos, sua diversidade e eventos você encontra aqui.

PROJETOS E AÇÕES

+ PROJETOS E AÇÕES