27/02/2020 às 12h14

Médicos apresentam estudos relevantes durante as defesas Trabalhos de Conclusão de Residência

imageO médico Lucas Gonçalves da Silva também abordou em seu trabalho o Estigma Social em Pacientes Portadores de Hanseníase

O médico Lucas Gonçalves da Silva também abordou em seu trabalho o Estigma Social em Pacientes Portadores de Hanseníase

Fotógrafo: Milena Botelho

Fechar

Redação Fesp

A médica Mariana Alves Rodrigues abriu na manhã desta quinta-feira, 27, na sede do Instituto Vinte de Maio (IVM), a programação das defesas dos Trabalhos de Conclusão de Residência (TCR) dos médicos que fazem parte do Programa de Residência em Medicina de Família e Comunidade, ofertado pela Fundação Escola de Saúde Pública de Palmas (Fesp).

 

A residente Mariana trouxe em sua pesquisa o estudo sobre o Risco Cardiovascular na Atenção Básica, tema que a banca avaliadora considera bastante relevante para os profissionais que atuam diretamente no processo de avaliação de saúde da população atendida pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

 

Como a colega Marina, o médico Lucas Gonçalves da Silva também abordou em seu trabalho o Estigma Social em Pacientes Portadores de Hanseníase: uma revisão integrativa, tema que preocupa e alerta os profissionais de saúde.

 

O residente que conheceu de perto a realidade da rede de saúde da Capital, pois passou grande parte do período da residência nas unidades de saúde de Palmas e teve também a oportunidade de conhecer os serviços oferecidos pela rede, relata que durante este tempo aprendeu a cuidar de pessoas. “Durante a especialização tive contato direto com diversos pacientes, com doenças diferentes, conheci na prática o Sistema de Saúde de Palmas, que tanto me orgulho em ter atuado, pois conta com uma estrutura que nos da condições de atender bem o paciente”, disse o novo especialista.

 

A presidente da Fesp, Jaciela Leopoldino, ressalta que a participação dos residentes no dia a dia da rotina de serviço das unidades de saúde é fundamental para a evolução do profissional e do sistema de saúde. “Unir o ensino e serviço e a prática é muito importante neste processo da academia. A qualidade dos trabalhos mostra que estamos no caminho certo, especializando e preparando jovens profissionais para a prática do cuidado integral e humanizado, com a capacidade de compreensão do contexto pessoal, familiar e comunitário dos cidadãos”, destaca Jaciela.

 

Ao todo 10 médicos estarão, após suas defesas, aptos para atuarem diretamente na Estratégia Saúde da Família (ESF) e Unidades Básicas de Saúde (UBS). “Trabalhando assim na porta de entrada dos serviços de saúde do Sistema Único de saúde (SUS), que é a Atenção Básica”, lembrou a tutora do Programa de Residência em Medicina de Família e Comunidade, a médica Andreia Zanon.

 

O calendário de defesas da Residência de Medicina de Família e Comunidade segue no período da tarde desta quinta, 27. Na próxima semana, nos dias 03 e 04 de março, no Ceulp/Ulbra, em Palmas, será a vez dos residentes do Programa de Residências Multiprofissional e Profissional em área da Saúde apresentarem seus trabalhos de conclusão.

 

Portal do Contribuinte

Aqui você encontra os serviços on-line disponibilizados pela prefeitura.

Nota Quente

Programa de incentivo à emissão de notas fiscais gerando crédito para concorrer a prêmios.

Utilidade pública

Este espaço facilita o acesso do cidadão aos serviços prestados pelo município.

Servidor

Canal destinado à assuntos dedicados ao servidor público municipal.

Concursos

Canal destinado à concursos realizados pela Prefeitura de Palmas.

Turista

Conheça Palmas. Seus pontos turísticos, sua diversidade e eventos você encontra aqui.

PROJETOS E AÇÕES

+ PROJETOS E AÇÕES