06/03/2020 às 18h33

Casa própria, geração de emprego e renda são políticas públicas da Prefeitura para garantir segurança e inclusão social à mulher

imageEliene Araújo da Silva conta que agora, após os 40 anos, sua vida parece começar

Eliene Araújo da Silva conta que agora, após os 40 anos, sua vida parece começar

Fotógrafo: Luciana Pires

Fechar
image Parceria com o Senac vem gerando oportunidade às mulheres de novos caminhos para sua transformação social

Parceria com o Senac vem gerando oportunidade às mulheres de novos caminhos para sua transformação social

Fotógrafo: Luciana Pires

Fechar
image Lorena Vieira vê no curso uma forma de se aperfeiçoar para montar o seu próprio salão

Lorena Vieira vê no curso uma forma de se aperfeiçoar para montar o seu próprio salão

Fotógrafo: Luciana Pires

Fechar
imageA Secretaria Municipal da Habitação (Sehab), em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac), estão promovendo o  curso profissionalizante de manicure e pedicure às moradoras do setor Santo Amaro

A Secretaria Municipal da Habitação (Sehab), em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac), estão promovendo o curso profissionalizante de manicure e pedicure às moradoras do setor Santo Amaro

Fotógrafo: Luciana Pires

Fechar

Wédila Jácome


Elas representam 80% das titularidades das unidades habitacionais entregues pela Prefeitura de Palmas, que com suas políticas públicas inclusivas vêm promovendo a igualdade de gênero, dando oportunidade às mulheres de novos caminhos para sua transformação social. E dentre essas garantias, além de assegurar à mulher a titularidade do imóvel, o Município, através de parcerias, também tem desenvolvido ações no intuito de oportunizar a geração de emprego e renda para que elas possam adquirir sua independência financeira.


 
Exemplo dessa política de inclusão é o ‘Programa de Urbanização do Santo Amaro’, que levou famílias que viviam em situação irregular, regularização fundiária do setor, pavimentação, drenagem pluvial e equipamentos públicos como escola, praça, além de unidades habitacionais. A prefeita Cinthia Ribeiro explica que o seu compromisso enquanto gestora pública vai além de entregar infraestrutura e a tão sonhada casa própria, mas “garantir a esses moradores oportunidade de se estabelecerem em seu novo lar com dignidade, e principalmente oferecer as mulheres formação profissional, uma vez que a maioria delas são “chefes de família”, a única responsável por promover o sustento de seu lar”.



Diante disso, a Secretaria Municipal da Habitação (Sehab), em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac), estão promovendo o  curso profissionalizante de manicure e pedicure às moradoras do setor Santo Amaro. A aluna do curso, Eliene Araújo da Silva, conta que agora após os 40 anos sua vida parece começar. “Nunca tive oportunidade, sempre trabalhei na cozinha dos outros, hoje além desse curso de manicure faço outro pela manhã na área de estética e faculdade de pedagogia. Agora posso sonhar com outra profissão e um futuro melhor para meus filhos”.



O empoderamento e o aumento na economia da casa foram os motivos que fizeram a manicure Lorena Vieira buscar pelo curso. “Eu sempre gostei de fazer unhas, aprendi sozinha e já tenho muitos clientes, mas sinto a necessidade de me aperfeiçoar, pois quero montar o meu próprio salão”.


Para o secretário da Habitação, Fábio Frantz, as chances das participantes saírem do curso com o emprego garantido são grandes, uma vez que a secretaria está disposta a encaminhá-las ao mercado de trabalho. “O curso vai gerar uma profissão para elas, para que possam trabalhar e tirar parte da renda familiar desse trabalho. Aquelas alunas que se formarem e despontarem no curso, nós vamos fazer de tudo para que elas saiam daqui não só com o certificado, mas sim, inclusas no mercado de trabalho”, afirma.



Sobre o curso


O curso, que faz parte do ‘Projeto de Trabalho Social’, vinculado ao ‘Programa de Aceleração do Crescimento (PAC)’, visa promover a participação social e a efetivação dos direitos sociais dos beneficiários. Tem duração de 160 horas, e conta com aulas práticas e teóricas sobre os métodos de manicure e pedicure, como as técnicas de higiene, corte de unhas e esmaltação, aplicação de unhas postiças, saúde e bem-estar das clientes, entre outros. As alunas receberão material para estudos, vale-transporte, lanche, e dois kits completos para trabalho ao término da capacitação.




Independência Financeira



A secretária executiva da Sehab, Sabrina Machado, lembra que além desse projeto social no Santo Amaro, a Prefeitura de Palmas também desenvolve ações sociais em outros empreendimentos habitacionais, para garantir principalmente a inserção produtiva da mulher no mercado de trabalho, com cursos profissionalizantes para gerar renda para sua família e conquistar a sua independência financeira, sendo uma empreendedora no futuro. “Essa gestão tem desenvolvido mecanismos para que a mulher alcance sua independência financeira, principalmente daquelas que estão em situação de vulnerabilidade. E para isso, além dos projetos sociais, nós temos várias oportunidades, por meio do banco do povo, de fomentar o empreendedorismo dessas mulheres para que elas possam montar o próprio negócio”, finaliza.

 

 

 

Edição: Lorena Karlla 

Portal do Contribuinte

Aqui você encontra os serviços on-line disponibilizados pela prefeitura.

Nota Quente

Programa de incentivo à emissão de notas fiscais gerando crédito para concorrer a prêmios.

Utilidade pública

Este espaço facilita o acesso do cidadão aos serviços prestados pelo município.

Servidor

Canal destinado à assuntos dedicados ao servidor público municipal.

Concursos

Canal destinado à concursos realizados pela Prefeitura de Palmas.

Turista

Conheça Palmas. Seus pontos turísticos, sua diversidade e eventos você encontra aqui.

PROJETOS E AÇÕES

+ PROJETOS E AÇÕES