12/03/2020 às 15h00

Palestra discute a construção da mulher na sociedade e a violência doméstica

imageValéria, Durval, Letícia, Franciana, Suzana e Souza durante abertura do evento

Valéria, Durval, Letícia, Franciana, Suzana e Souza durante abertura do evento

Fotógrafo: Gabriel Martins

Fechar
imagePalestra contou com a participação de guardas metropolitanos e policiais militares

Palestra contou com a participação de guardas metropolitanos e policiais militares

Fotógrafo: Gabriel Martins

Fechar

Redação IVM

 

 

 

 

'Ser mulher... e viver sem violência'. Esse foi o tema discutido nesta quinta-feira, 12, durante programação promovida pelo Instituto 20 de Maio de Ensino, Ciência e Tecnologia (IVM), por meio da Escola de Governo, e Guarda Metropolitana de Palmas (GMP) em alusão ao Dia Internacional da Mulher, comemorado no último dia 08. Cerca de 50 pessoas, entre guardas metropolitanos e policiais militares, participaram da palestra ministrada pela defensora pública Franciana Di Fátima Cardoso, coordenadora do Núcleo Especializado de Proteção e Defesa dos Direitos da Mulher (Nudem).

 

 

Durante a palestra, a defensora trouxe um panorama da mulher no contexto histórico, citando que falar sobre mulher implica pensar o modo que vive a sociedade, fruto de um sistema patriarcal. Característica que se reflete nos números da violência.

 

 

Segundo dados do Fórum Brasileiro de Segurança Pública referente a 2019 que foram apresentados pela palestrante, a violência contra a mulher cresceu 0,8%. A cada dois minutos, 263.067 casos de lesão corporal doméstica são registrados no País. O Tocantins é o 8º estado brasileiro com maior número de ocorrências policiais de violência doméstica familiar.

 

 

De acordo com a defensora, ainda é difícil para a mulher perceber a relação de abuso e violência, por causa da relação de confiança que tem com o companheiro, pela relação de afeto, por proteção e controle, e por recato e discrição. E por esses motivos, muitas deixam de denunciar os casos. Na oportunidade, ela falou também sobre o trabalho da Defensoria Pública na proteção à mulher.

 

 

O guarda metropolitano Josimar Magalhães é um dos que estavam presentes à palestra. Ele considerou o tema muito importante, não só no que diz respeito ao lado profissional, mas também ao pessoal. Para Magalhães, esse tipo de discussão quebra muitas barreiras que ainda existem em relação ao preconceito contra a mulher.

 

 

Abertura

 

 

Na abertura do evento, a presidente do IVM, Valéria Araújo, deu as boas-vindas aos participantes e reforçou a importância da discussão para uma melhor prestação de serviço à sociedade palmense. Também presente à palestra, o secretário municipal de Segurança Pública e Mobilidade Urbana, Durval Ribeiro da Silva Júnior, agradeceu a presença de todos, falou sobre os desafios e bons frutos colhidos em relação à segurança na Capital, e parabenizou a superintendente da GMP, inspetora Letícia Bordin, pela inciativa de buscar a realização do evento. Também estiveram presentes à palestra, a delegada adjunta da Delegacia Especializada em Atendimento à Mulher de Palmas, Suzana Fleury Orsine, e o tenente-coronel da PM, João Leyde de Souza.

 

 

As próximas edições do evento estão programadas para esta sexta-feira, 13; sábado, 14; e segunda, 16, às 9 horas, no Instituto 20 de Maio.

 

 


 

 

Portal do Contribuinte

Aqui você encontra os serviços on-line disponibilizados pela prefeitura.

Nota Quente

Programa de incentivo à emissão de notas fiscais gerando crédito para concorrer a prêmios.

Utilidade pública

Este espaço facilita o acesso do cidadão aos serviços prestados pelo município.

Servidor

Canal destinado à assuntos dedicados ao servidor público municipal.

Concursos

Canal destinado à concursos realizados pela Prefeitura de Palmas.

Turista

Conheça Palmas. Seus pontos turísticos, sua diversidade e eventos você encontra aqui.

PROJETOS E AÇÕES

+ PROJETOS E AÇÕES