17/10/2018 às 15h31

Palmenses já podem conferir os dados de desenvolvimento e sustentabilidade da Capital na Rede Ver a Cidade

image No site há os dados da avaliação de 2017, ano base 2016, que apontam Palmas como uma cidade sustentável, com bons índices em muitas áreas de atuação

No site há os dados da avaliação de 2017, ano base 2016, que apontam Palmas como uma cidade sustentável, com bons índices em muitas áreas de atuação

Fotógrafo:

Fechar

Deni Rocha



Agora o cidadão palmense pode conferir de perto e monitorar os indicadores de sustentabilidade da Capital através da Rede Ver a Cidade que disponibiliza os dados divididos em três dimensões, sustentabilidade ambiental e mudança climática, sustentabilidade urbana e sustentabilidade fiscal e governabilidade, que por sua vez são re-divididos em vários temas ou sub-temas, como saneamento, educação, gestão pública, entre outros.



Atualmente, a Rede Ver a Cidade consta no portal https://www.redeveracidade.com.br/palmas, onde há os dados da avaliação de 2017, ano base 2016, que apontam Palmas como uma cidade sustentável, com bons índices em muitas áreas de atuação.  Com relação ao saneamento e drenagem, Palmas apresenta 100% de águas residuais tratadas conforme as normas nacionais. E a porcentagem da população que conta com coleta de resíduos sólidos é de 98%.



Na sustentabilidade urbana, a educação de Palmas mais uma vez conseguiu bons resultados. Cem por cento da população de 3 a 5 anos de idade receberam, em 2016, serviços integrais de desenvolvimento infantil pré-escolar.



Na sustentabilidade fiscal e governança, a gestão pública participativa se saiu bem, uma vez que o estudo aponta a existência de um processo de planejamento participativo com uma estrutura legal nacional ou subnacional, consultas à sociedade civil, ao setor privado e aos especialistas, opiniões recolhidas metodicamente, divulgação pública de resultados, incorporação dos resultados aos objetivos e às metas do plano.



Rede Ver a Cidade



A Rede Ver a Cidade teve origem no Programa Cidades Emergentes e Sustentáveis (CES) do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), denominada Rede de Monitoramento Cidadão, cujo apoio financeiro para implementação no Brasil ocorreu por meio do Fundo Socioambiental da CAIXA (FSA/CAIXA), com parceria do BID e execução da Baobá - Práticas Sustentáveis. Atualmente presente em seis cidades brasileiras: Florianópolis (SC), Goiânia (GO), João Pessoa (PB), Vitória (ES), Palmas (TO) e Três Lagoas (MS).



Já as atividades técnicas são feitas por meio de exercícios de monitoramento e avaliação, que são: coleta de indicadores técnicos, realização da pesquisa de opinião pública, os indicadores subjetivos, e por último, a avaliação das políticas públicas.

 

 

Edição e postagem: Lorena Karlla

outras notícias

Portal do Contribuinte

Aqui você encontra os serviços on-line disponibilizados pela prefeitura.

Nota Quente

Programa de incentivo à emissão de notas fiscais gerando crédito para concorrer a prêmios.

Utilidade pública

Este espaço facilita o acesso do cidadão aos serviços prestados pelo município.

Servidor

Canal destinado à assuntos dedicados ao servidor público municipal.

Concursos

Canal destinado à concursos realizados pela Prefeitura de Palmas.

Turista

Conheça Palmas. Seus pontos turísticos, sua diversidade e eventos você encontra aqui.

PROJETOS E AÇÕES

+ PROJETOS E AÇÕES