Procon Municipal de Palmas realiza pesquisa de preços de itens alimentícios mais comprados pela população

Procon Palmas

Autor: Redação/ Edição: Lorena Karlla | Publicado em 28 de abril de 2021 às 18:26

Produtos hortifruti apresentaram maiores variações, a exemplo da banana, que pode ser encontrada com diferença de até 135% no preço

O Procon Municipal de Palmas realizou uma pesquisa de preços de 20 alimentos que são consumidos por grande parte da população brasileira. O levantamento foi realizado entre os dias 21 e 23 de abril em oito supermercados da Capital e tem como objetivo manter a população ciente dos preços e suas variações entre os estabelecimentos, além de ajudar o consumidor a economizar.

Entre os produtos alimentícios que apresentaram variação significativa de um estabelecimento para outro estão os que são vendidos na sessão de hortifruti. O quilo da banana prata, por exemplo, teve o menor preço encontrado por R$ 2,29 e o maior por R$ 5,39, representando uma variação no entorno de 135%; outro exemplo, o quilo da batata, que teve o menor preço encontrado de R$ 1,99 e o maior por R$ 4,29, o que representa uma variação de 116%.

Outra variação relevante se deu no valor cobrado pelo quilo da laranja, em que, entre os estabelecimentos pesquisados, o menor preço encontrado foi de R$ 1,90 e o maior de R$ 3,99, representando uma diferença de 110%.

Já os produtos que são consumidos diariamente pelos brasileiros apresentaram variações que chegam a 133%, como é o caso do molho de tomate de 340g, que o mais barato foi encontrado por R$ 0,99 e o mais caro por R$ 2,31.

O arroz de 5 kg, por sua vez, teve variação de 20%, e foi encontrado sendo comercializado com preço mínimo de R$ 24,99 e máximo de R$ 29,99.

O pacote de feijão de 1 kg e o frasco de 900 ml de óleo de soja apresentaram a mesma variação de preço, 19%. Os produtos estão sendo comercializados de R$ 6,69 (o menor preço) e R$ 7,99 (o maior).

De acordo com a superintendente do Procon Municipal de Palmas, Aline Dias, os consumidores devem levar em consideração na hora de realizar as compras, os dias de promoções e ofertas anunciados pelos supermercados. “A dica é ficar atento, guardar folhetos, encartes, materiais publicitários dos estabelecimentos e fazer comparativos, para realizar as compras com segurança e economia", informou.

A lista completa dos produtos você pode conferir aqui.

Para saber mais sobre as ações desenvolvidas pela Prefeitura na área de Defesa do Consumidor acesse Aqui