Reforma de quatro quadras poliesportivas está em fase de conclusão

Fundação Municipal do Esporte e Lazer

Autor: Deni Rocha | Publicado em 02 de agosto de 2022 às 14:34

Estão sendo realizados os serviços no piso, aros, alambrado, traves, pintura, marcação, arquibancada e iluminação

As obras das quadras poliesportivas da Arse 23 e 112, Arso 41 e do setor Vale do Sol estão bem adiantadas, entrando na fase de conclusão, com previsão de entrega para o mês de setembro deste ano. No local estão sendo realizados os serviços de reforma do piso, aros, alambrado, traves, pintura, marcação, arquibancada e iluminação visando retornar o esporte de base em todas as regiões da Capital. 

A Fundação do Esporte e Lazer de Palmas (Fundsportes) destacou ainda que as quadras poliesportivas da Arse 12, 13, 14, 92 e do Jardim Aureny IV também vão receber os serviços neste semestre. 

O presidente da Fundesportes, Jonis Calaça, reforça que estão sendo investidos mais de R$ 2 milhões, e que as quadras que se encontram em reforma serão entregues em setembro, com material esportivo oficial das modalidades de futsal, vôlei, handebol e basquete. "As obras das quatro primeiras quadras estão bem adiantadas devido aos recursos das emendas parlamentares da deputada federal Professora Dorinha, que pôde viabilizar a reforma de nove quadras no total”, disse, 

Calaça reforça que a reforma das quadras é um orgulho muito grande para a Fundesportes, uma vez que a atual gestão municipal está revolucionando a estrutura esportiva de Palmas. “Essas quadras não recebiam obras há mais de 20 anos. Vamos retomar o esporte com força total com as espaços já reformadas.”

A Fundesportes conta com 28 quadras poliesportivas, quatro foram reformadas em 2020. Mais quatros iniciaram as obras em junho de 2022 e outras cinco devem começar as obras o mais breve possível.

A pasta conta ainda com dois complexos esportivos, um na região Norte e outro no distrito de Taquaruçu, além do Estádio Nilton Santos, do Ginásio Ayrton Senna, do kartódromo e de dois campos de futebol, um no Jardim Aureny I e outro no Ipê Amarelo.

Texto: Deni Rocha - Secom/Palmas
Edição: Secom/Palmas