Trabalhadores do setor aéreo e grupos prioritários de Palmas podem agendar vacinação contra Covid-19 para 1ª ou 2ª dose

Secretaria da Saúde

Autor: Juliana Matos | Publicado em 30 de maio de 2021 às 21:08

Semus explica como agendar, onde haverá atendimento e quem poderá tomar o imunizante na Capital

Trabalhadores do setor aéreo já poderão se vacinar contra a Covid-19 em Palmas. Além desses profissionais, está confirmada a aplicação da segunda dose da vacina Coronavac e Astrazeneca para quem tomou a primeira na Capital e já atingiu intervalo mínimo de reforço (conforme data aprazada no cartão de vacinas).

 

Todos os públicos priorizados até o momento ainda não imunizados devem ficar atentos às datas de oferta de doses (ver lista de locais, público e datas ao final do texto).

 

Quem pode se vacinar

Segundo a Secretaria Municipal da Saúde (Semus), portadores de comorbidades a partir dos 30 anos e idosos de Palmas que ainda não se imunizaram contra Covid-19 poderão agendar sua primeira dose para esta segunda-feira, 31 de maio, até quarta-feira, 02 de junho. O atendimento deste público acontecerá em 15 unidades de saúde, em horários diferenciados.

 

Aqueles que já receberam a primeira dose de vacina da AstraZeneca/Oxford ou Coronavac, após prazo mínimo de reforço, poderão receber sua dose na terça-feira, 1°, ou quarta-feira, 02, no ginásio do Centro Universitário Luterano de Palmas (Ceulp/Ulbra). Eles serão atendidos juntamente com trabalhadores relacionados em lista fornecida pela Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero) à Semus.

 

Todos deverão agendar sua vacina. Para acessar o sistema de agendamento, basta clicar aqui

 

Prioridades autorizadas

Podem tomar a primeira dose as pessoas com comorbidades que tiverem mais de 30 anos; pessoas acima de 60 anos sem comorbidade; pessoas acima de 18 anos que possuam deficiência permanente, insuficiência renal crônica, pessoas imunossuprimidas, grávidas e puérperas, ambas com mais de 18 anos e que tenham comorbidades e/ou demais fatores de risco. Trabalhadores do setor aéreo também estão autorizados a se vacinar.

 

Confira a lista completa de comorbidades e fatores de risco priorizados. 

 

Documentos exigidos

É necessário levar laudo ou relatório médico comprovando a condição de saúde (original e cópia); documentos pessoais (RG, CNH , CPF), Cartão de Vacina; Cartão do SUS, Caderneta da Gestante (para as grávidas); Declaração de nascido vivo ou natimorto (para puérperas). O laudo original fica retido no local da vacinação.

 

Segundo a Semus, a documentação apresentada está sujeita à análise. A ausência da documentação necessária ou o não enquadramento dos critérios do público-alvo implicam no impedimento da aplicação da vacina, reforça a pasta.

 

Confira abaixo o ponto de vacinação mais próximo da sua casa

 

De segunda, 31, a quarta, 02

Das 13 às 17h - primeira dose para portadores de comorbidades e idosos

USF 307 Norte

USF 405 Norte

USF 409 Norte

USF 207 Sul

USF 403 Sul

USF 1103 Sul

USF 1206 Sul

USF Jose Hermes

USF Bela Vista

USF Novo Horizonte

USF Taquari

USF Morada do Sol

USF Taquaruçu (agendamento na própria unidade)

USF Buritirana (agendamento na própria unidade)


 

De segunda, 31, a quarta, 02

Das 16 às 20h - primeira dose para portadores de comorbidade e idosos

USF 1004 Sul

 

Terça, 1º, e quarta, 02 - segunda dose de vacina Coronavac/Butantan ou AstraZeneca/Oxford e primeira dose para trabalhadores do setor aéreo

Terça-feira, 1º - 16 às 20h

Quarta-feira, 02 - 09 às 17 h

Local: Ginásio do Ceulp/Ulbra